'A Bela e a Fera' e outros 11 filmes estreiam; assista aos trailers

Emma Watson - A Bela e a Fera
Emma Watson interpreta Bela na adaptação com atores da animação "A Bela e a Fera" (1991) - Divulgação


Um dos filmes mais aguardados do primeiro semestre, a versão com atores de "A Bela e a Fera" chega aos cinemas nesta semana. Outro destaque são os documentários nacionais: cinco  —"Era o  Hotel Cambridge", "Estopô Balaio", "Jonas e o Circo Sem Lona", "Pedro Osmar" e "Por um Punhado de Dólares"— estreiam neste período.

Veja os trailers das estreias da semana:

A BELA E A FERA

A aguardada adaptação com atores do clássico de animação da Disney conta a história de Bela, uma jovem aprisionada pela Fera em seu castelo. Ela se torna amiga dos serviçais encantados e descobre que a Fera é um príncipe enfeitiçado.

Salas e horários.


A HISTÓRIA ANTES DE UMA HISTÓRIA

Na animação, que tem Elza Soares entre os dubladores, um senhor encontra diversos objetos que o ajudarão a entender quais as etapas e instrumentos para dominar a técnica de animação.

Salas e horários.


OS COWBOYS

Quando a filha de 16 anos de um trabalhador desaparece com o namorado muçulmano, ele vai em busca da menina no submundo da cooptação de jovens europeus por extremistas islâmicos.

Salas e horários.



ERA O HOTEL CAMBRIDGE

Entre a ficção e o documentário, o filme conta a inusitada trajetória de um grupo de refugiados que divide com os sem-teto uma ocupação no centro de São Paulo. Na tensão diária pela ameaça de despejo, revelam-se pequenos dramas, alegrias e diferentes visões de mundo dos ocupantes. Exibido na 40ª Mostra de Cinema de SP.

Salas e horários.



ESTOPÔ BALAIO

O documentário acompanha projeto artístico que o grupo teatral Estopô Balaio desenvolve com os moradores do Jardim Romano, na região leste de São Paulo. O bairro, às margens do rio Tietê, sofre frequentemente com alagamentos e enchentes.

Salas e horários.


FATIMA

Fatima, que deixou o Marrocos aos 20 anos, cria sozinha as duas filhas na França, mas não fala bem o idioma do país. Depois de se divorciar, precisa trabalhar como empregada doméstica para sustentar as garotas. Um dia, em seu emprego, ela cai de uma escada e, convalescendo, escreve em árabe tudo o que nunca conseguiu dizer às filhas em francês.

Salas e horários.

Assista ao trailer legendado em inglês.



O FILHO DE JOSEPH

Vincent, um adolescente de 15 anos, foi criado com amor pela mãe, que sempre se recusou a revelar quem era seu pai. O garoto acaba descobrindo que é filho de Joseph, um editor parisiense egoísta e cínico, e desenvolve um violento plano de vingança. Seu encontro com o pai, porém, tem um profundo impacto em sua vida, assim como na de sua mãe.

Salas e horários.


JONAS E O CIRCO SEM LONA

Aos 13 anos, o menino Jonas dedica seu tempo a um pequeno circo que ele mesmo mantém, no quintal de casa, na periferia de Salvador. O documentário mostra como ele treina os colegas e exibe seus espetáculos para as crianças da região. Com o início das aulas, ele vê seu sonho em risco: os amigos se afastam para ir à escola, enquanto sua família insiste que ele deve fazer o mesmo.

Salas e horários.



LA VINGANÇA

Após receber a enigmática mensagem "precisamos conversar" da namorada, Caco resolve surpreendê-la e pedi-la em casamento, mas acaba encontrando a moça com um argentino. Seu melhor amigo, Vadão, arrasta o ex-futuro noivo até a Argentina em busca de vingança. Enquanto o amigo tenta reviver a adolescência, Caco segue atrás do amor.

Salas e horários.


PEDRO OSMAR - PRÁ LIBERDADE QUE SE CONQUISTA

O documentário é um ensaio sobre a vida e a obra do artista paraibano Pedro Osmar. Apesar de ser pouco conhecido do grande público, Osmar —que é cantor, compositor, multi-instrumentista, poeta, artista plástico e dramaturgo— traz em seu currículo parcerias com grandes nomes, como Zé Ramalho, Lenine e Elba Ramalho. O longa mostra como a luta política e a busca por liberdade aparecem em seu trabalho.

Salas e horários.



POR UM PUNHADO DE DÓLARES - OS NOVOS EMIGRADOS

O sonho de uma vida melhor é o que leva milhões de pessoas a deixarem seus países anualmente. Este documentário brasileiro usa três histórias —a de um mexicano que migrou para os EUA, a de brasileiros que se mudaram para o Japão e a de um gambiano que foi para a Alemanha— para mostrar a realidade dos migrantes.

Salas e horários.


TINHA QUE SER ELE?

Quando a filha anuncia que está namorando, Ned (Cranston) leva a família inteira para conhecer o rapaz, Laird (Franco). Ele, contudo, está longe de ser o genro dos sonhos. Excêntrico, tatuado e sem filtros na hora de se expressar, Laird fará de tudo para conquistar o sogro.

Salas e horários.


Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais