Com cem filmes gratuitos na programação, 6ª Mostra Ecofalante debate questões ambientais

Para celebrar a Semana Nacional do Meio Ambiente, São Paulo recebe a 6ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental, que conta com cem filmes de 26 países em sua programação, todos eles com ingressos gratuitos.

Os filmes discutem questões socioambientais e serão exibidos em 30 espaços culturais da cidade, entre os dias 1º e 14 de junho.

Criado em 2012, o festival tem como homenageado desta edição o diretor franco-brasileiro Vincent Carelli, cuja obra, centrada na vida dos povos indígenas, é tema do debate Cinema de Resistência, que acontece no dia 13 de junho no Reserva Cultural. Dois de seus filmes, "Corumbiara" e "Martírio", fazem parte da programação.

A Amazônia é destaque no Panorama Histórico, que reúne seis filmes de Hector Babenco, Carlos Diegues, Gustavo Dahl, Zelito Vianna, Hermano Penna e André Luiz Oliveira produzidos entre 1974 e 1991.

Cena do documentário 'Amanhã'
Cena do documentário 'Amanhã' - Divulgação

Já o cenário global rege a Mostra Contemporânea Internacional, que traz à capital paulista 39 títulos, muitos inéditos no Brasil. A narração de alguns deles fica a cargo de nomes famosos de Hollywood. Astros da nova trilogia de "Star Wars", Daisy Ridley e Oscar Isaac participam, respectivamente, dos filmes "Uma Caçadora e Sua Águia" e "É Hora de Decidir", com sessões no Reserva Cultural.

Emma Thompson, Rachel McAdams, Tilda Swinton e o músico Sting também emprestam as vozes para outros documentários presentes na mostra. A atriz francesa Mélanie Laurent, de "Bastardos Inglórios", assume a direção de "Amanhã", documentário premiado no César.

O acidente nuclear de Chernobil e a influência das mudanças climáticas nas relações diplomáticas ao redor do mundo são abordados por "O Suplício: Vozes de Chernobil" e "A Era das Consequências". Filmes selecionados para os festivais de Berlim, Veneza e Sundance também integram a mostra.

Além do Reserva Cultural, recebem sessões da 6ª Mostra Ecofalante o Cine Caixa Belas Artes, Centro Cultural São Paulo, Cine Olido, Centro Cultural Cidade Tiradentes, Biblioteca Roberto Santos, CEU Aricanduva, CEU Butantã, CEU Caminho do Mar, CEU Feitiço da Vila, CEU Jaçanã, CEU Jambeiro, CEU Meninos, CEU Parque Veredas, CEU Paz, CEU Perus, CEU Quinta do Sol, CEU São Rafael, CEU Três Lagos, CEU Vila Atlântica e CEU Vila do Sol.

Completam a lista as Fábricas de Cultura de Vila Curuçá, Sapopemba, Itaim Paulista, Parque Belém, Brasilândia, Capão Redondo, Jaçanã, Jardim São Luís e Vila Nova Cachoeirinha.

A programação completa pode ser encontrada em ecofalante.org.br.


Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais