Com Neschling, Theatro Municipal monta ópera "Lohengrin", de Wagner


Com ingressos disputados, a Temporada Lírica do Theatro Municipal recebe montagem de "Lohengrin", ópera do maestro e compositor alemão Richard Wagner (1813-1883), a partir de quinta (8), com récitas até 20/10.

Na história, dividida em três atos e apoiada em uma novela medieval, a jovem Elsa de Brabante (vivida pela soprano Petra-Maria Schnitzer) é acusada de assassinar o próprio irmão. Para provar sua inocência, ela aceita que seu destino seja decidido num combate. Um misterioso cavaleiro vence o embate em prol da donzela e a pede em casamento, sem revelar sua identidade.

O espetáculo, que inclui passagens como a famosa marcha nupcial, tem direção musical do maestro John Neschling, que conduzirá a Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo.

Em seu perfil numa rede social, Neschiling disse estar "cada vez mais convencido de que Lohengrin tem suas raízes em Mozart, especialmente calcada na 'Flauta Mágica'", e completou: "quem entende Lohengrin como um painel de uma sociedade militarista necessitada de um pouco de luz e espírito, encontrará um encenação criativa, bela e profunda".

Para ele, um dos pontos altos do espetáculo promete ser a cenografia do artista plástico grego Jannis Kounellis, que já teve exposições individuais em museus como o MoMA, Solomon R. Guggenheim e Centro Georges Pompidou.

Theatro Municipal de São Paulo - pça. Ramos de Azevedo, tel. 3053-2090. Qui.: 20h. Até 20/10. 10 anos. Ingr.: R$ 25 a R$ 120. CC: Au, C, G, M, S e V. Ingr. p/ 2626-0857 ou compreingressos.com/theatromunicipaldesaopaulo.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais