Temporada de Dança do Teatro Alfa coloca ingressos à venda na quinta

O Teatro Alfa, na zona sul de São Paulo, começa a vender assinaturas para sua sétima Temporada de Dança na próxima quinta-feira (10). As atrações são quatro companhias brasileiras (três com novas criações), uma europeia e duas asiáticas.

"Ímã", criação de Rodrigo Pederneiras, abre a Temporada de Dança do Teatro Alfa em agosto - Crédito: Divulgação

As assinaturas, que variam de R$196 a R$535,50, podem ser compradas pelo site www.teatroalfa.com.br ou pelos telefones 0/xx/11/5693-4000 e 0300-7893377.

Os mineiros do Grupo Corpo abrem a temporada 2010 com "Ímã", criação de Rodrigo Pederneiras, com trilha do trio + 2 (Moreno Veloso, Kassin e Domenico), e coreografia escolhida por votação pelo site da companhia (encerrada em 6 de junho), de 11 a 15 de agosto. A São Paulo Companhia de Dança é a segunda atração, com "Tema e Variações" e as estreias de "Seis Danças" e "Prelúdio à Tarde de um Fauno", de 9 a 12 de setembro.

A Cia. Sociedade Masculina mostra duas novas coreografias de Anderson Braz e Anselmo Zolla, em duas sessões, nos dias 21 e 22 de setembro. A europeia Ballet du Grand Théâtre de Genève faz duas apresentações de seus recentes trabalhos "Blackbird", "Dov'è la Lune" e "Loin", em 23 e 24 de outubro.

As asiáticas Sankai Juku e Cloud Gate Dance Theatre apresentam criações inéditas no Brasil --a primeira, dirigida pelo coreógrafo Ushio Amagatsu, traz três sessões de "Tobari - Como num Fluxo Inesgotável", de 14 a 16 de setembro, e a segunda, a companhia de Taiwan, faz quatro apresentações de "Whisper of Flowers", baseada na peça "O Jardim das Cerejeiras", de Tchekhov, de 2 a 5 de outubro.

Os goianos da Quasar Cia. de Dança encerram a Temporada de Dança com nova coreografia de Henrique Rodovalho, em 6 e 7 de novembro.

Teatro Alfa - r. Bento Branco de Andrade Filho, 722, Jardim Dom Bosco, zona sul, São Paulo, SP. Tel.: 0/xx/11/5693-4000. Ingr.: R$ 196 a R$ 535,50.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais

Mais lidas