Provamos três rabos de galo, drinque de boteco que ganha versões refinadas

Clássico de boteco, o drinque feito com cachaça, vermute e limão ganhou os balcões mais refinados; provamos três. Confira:

Drinque rabo de galo, do bar Guarita
Drinque rabo de galo, do bar Guarita - Thays Bittar/Folhapress

Guarita (R$ 26) - muito bom

A mistura é forte, resultado do blend com cachaça de boa qualidade e envelhecida em madeira; o gelão, translúcido, agrega (muito) à bebida 

R. Simão Álvares, 952, Pinheiros, zona oeste. Tel.: 98925-1919. Saiba mais.


Home SP (R$ 30) - muito bom

Na versão do bar recém-inaugurado, a cachaça Yaguara é infusionada em anis. Parece só um detalhe, mas ressalta o tom cítrico do coquetel 

R. Matias Aires, 94, Consolação, centro. Tel.: 96419-9039. Saiba mais.


Riviera (R$ 24) - bom

Além de cachaça e vermute, leva Cynar e angostura. O drinque é um pouco menos amargo, mas também sente-se menos a aguardente 

Av. Paulista, 2.584 Bela Vista, centro. Tel.: 3258-1268. Saiba mais.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais