Exposições Espaços Culturais

Labirinto e Memória: A Poética Visual de Luise Weiss

Ícone de marcador no mapa Caixa Cultural São Paulo - 1º andar Ver mapa

Os 40 anos de trajetória da gravadora, pintora, fotógrafa e professora Luise Weiss podem ser vistos por meio de desenhos, gravuras e fotografias. Os trabalhos selecionados por Sergio Pizoli têm o papel como suporte e a fotografia como ponto de partida.

Preço Grátis
Horários Aberto até 19h Ícone de seta para baixo
Telefone 3321-4400

As informações podem estar desatualizadas.

Sugerimos contatar o local para confirmar as informações.

Ícone de marcador no mapa Praça da Sé, 111 - Sé - São Paulo

Características

  • Ar condicionado Tem ar condicionado
  • Ícone Wi-fi Tem wifi
  • Possui local para comer
  • Ícone acesso a pessoa com deficiência Acesso a pessoa com deficiência

Próximo a Labirinto e Memória: A Poética Visual de Luise Weiss

Shows
Exposições
Exposições

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Você também pode se interessar por

  • Exposições

    Espaço Olavo Setubal - Coleção Brasiliana Itaú

    Espaços Culturais |
    4
    Aberto até 20h | Grátis

    A mostra apresenta 1.300 itens das coleções Brasiliana e Numismática, que juntas somam quase 10 mil obras. Com quase mil itens pinçados pelo curador Pedro Correa do Lago, a coleção Brasiliana apresenta pinturas, desenhos, aquarelas, gravuras, mapas, documentos, liv...

  • Exposições

    Yolanda Penteado, a Dama das Artes

    Espaços Culturais
    Abre qui. às 9h | Grátis

    A mostra presta uma homenagem a Yolanda Penteado, que teve um papel importante no cenário artístico brasileiro dos anos 1920 ---para a realização da primeira Bienal Internacional de Arte de São Paulo, por exemplo, ela viajou para a Europa e os EUA para convidar pes...

  • Exposições

    Carta Aberta - Correspondências na Prisão

    Espaços Culturais
    Abre qui. às 10h | Grátis

    A mostra é composta por cerca de 70 cartas trocadas entre presos políticos e seus familiares e amigos entre os anos de 1969 a 1974. Também integram a exposição fotos, cartões comemorativos, artesanatos produzidos na prisão e uma obra “Carta a Sérgio Ferro” (1973),...

  • Final do conteúdo