2ª Mostra Diversa

Ícone de marcador no mapa Estação República do Metrô - Museu da Diversidade Sexual Ver mapa

Dialogando com questões relacionadas a diversidade, a sexualidade e ao gênero, cerca de 15 artistas exibem suas obras nesta coletiva, realizada a cada dois anos. Há fotografias, colagens, desenhos, aquarelas e pinturas de nomes como Rafael Roncato, Weio e Victor Grizzo. A ideia do Museu da Diversidade é abrir espaço para novos artistas e perspectivas a respeito das temáticas.

Preço Grátis
Horários Aberto até 18h Ícone de seta para baixo
Telefone 3882-8080

As informações foram checadas em 02/08/2017.

Sugerimos contatar o local para confirmar as informações.

Ícone de marcador no mapa Rua do Arouche, 24 - República - São Paulo

Características

  • Ar condicionado Tem ar condicionado
  • Possui local para comer
  • Ícone acesso a pessoa com deficiência Acesso a pessoa com deficiência

Próximo a 2ª Mostra Diversa

Guloseimas
Bares
Bares

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Você também pode se interessar por

  • Exposições

    Acervo Histórico da Assembleia Legislativa

    Museus
    Aberto até 19h | Grátis

    A Assembleia Legislativa de São Paulo abriga um ambiente verde pouco explorado pelo paulistano. Nos seus jardins, esconde-se um acervo com cerca de 70 esculturas. Quem for ao local pode conferir as formas verticais vermelhas de "Silhueta", de Deise Mazziotti, ou os...

  • Exposições

    Acervo em Transformação - A Coleção do Masp de Volta aos Cavaletes de Cristal de Lina Bo Bardi

    Museus
    Aberto até 17h30 | A partir de R$ 30

    Os cavaletes de cristal criados pela arquiteta Lina Bo Bardi (1914-1992) para a inauguração, em 1968, da sede do Masp na avenida Paulista voltam ao museu —eles haviam sido retirados em 1996. O novo desenho das mais de cem peças reconstruídas mantém os princípios e...

  • Exposições

    Acervo Permanente da Fundação Ema Klabin

    Museus
    Abre sab. às 14h | A partir de R$ 10

    Criada para abrigar o acervo cultural da empresária que dá nome à fundação, a casa expõe obras raras para o público. São mais de 1.500 itens, como talhas do mineiro Mestre Valentim, mobiliário e peças arqueológicas e decorativas, além de trabalhos de artes visuais....

  • Final do conteúdo