Fábrica de doces portugueses abre primeira loja em São Paulo

Com ovos, leite, farinha e amêndoas, basicamente, Maria Fernanda Guerra Marques Paixão Silva, 84, portuguesa de Portugal, faz de tudo: pastéis de nata, toucinho do céu, travesseiro de Sintra, fofo de belas (parecido com o sonho) um caderno de receitas herdado da família rende cerca de 20 docinhos conventuais.

Os pastéis de nata compõem a oferta de doces conventuais (à base de ovos) que a casa oferece
Os pastéis de nata compõem a oferta de doces conventuais (à base de ovos) que a casa oferece - Divulgação

Os quitutes que antes eram fornecidos a empórios e restaurantes ganharam no mês passado uma loja própria, situada no térreo de um prédio empresarial na região da Paulista. Uma fábrica na região norte que dona Maria Fernanda toca com a filha Susana abastece a doceria.

No moderno salão (esqueça os ladrilhos portugueses), os quitutes açucarados ficam expostos na vitrine (de R$ 6,50 a R$ 9,50) destaque para o vistoso pudim de claras.

Quem não é fã dos doces feitos com ovos encontra opção no salame de chocolate

ou na oferta de salgados: o pastel de bacalhau (R$ 12) é feito com a mesma massa folhada usada na versão doce, de nata, mais conhecida como pastel de Belém. Há também pão de queijo e empadas de frango e de palmito.

Além dos comes, o cardápio sugere cafés, cappuccino, chocolate quente e vinhos (alguns em taça), com sugestão de harmonização a queijada portuguesa, por exemplo, cai bem com vinho do Porto.

Empório Arte Nata​ R. Frei Caneca, 1.380, Consolação, região central, tel. 3263-0803. Seg. a sex.: 8h às 20h

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais