Feira na Vila Madalena tem artesanato e pratos tradicionais feitos por refugiados

O evento Portas Abertas reúne, a partir desta terça-feira (18), artesanato e receitas típicas feitos por refugiados no Armazém da Cidade, na Vila Madalena.

Aqueles que visitarem o espaço podem experimentar pratos do chef sírio Mazen Zwawe, como esfihas e quibes, que custam em média R$ 20, e comprar acessórios e objetos tradicionais, como lenços, almofadas e tapetes, confeccionados por artistas vindos da Síria, do Paquistão e da Colômbia.

Promovido pelo Instituto de Reintegração do Refugiado, o evento acontece todas as terças, quartas e quintas até o dia 17 de agosto, das 11h às 20h. O objetivo é permitir que o público entre em contato com diferentes culturas, enquanto auxilia na integração de refugidos que moram no Brasil.

Acessórios são vendidos em feira com artesanato feito por refugiados
Acessórios são vendidos em feira com artesanato feito por refugiados - Divulgação

Armazém da Cidade - Rua Medeiros de Albuquerque, 270, Vila Madalena, região oeste. Ter. a qui.: 11h às 20h. Até 17/8.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais