Confira os melhores blocos de rua, bailes, festas e rodas de samba

No início do disco "Tábua de Esmeralda", um aparentemente irritado Jorge Ben decreta: "Tem que dançar dançando". Pensando em não contrariar a lenda do samba-rock, o Guia elaborou um roteiro para foliões de toda sorte curtirem o Carnaval em São Paulo.

No abre-alas, um programa minucioso para conferir os desfiles das escolas de samba do grupo especial, com mapa do sambódromo e dicas sobre itinerários, chegadas e saídas.

Aos que preferem a informalidade, listamos os blocos, as rodas de samba, muitas vezes regadas a feijoada e a bebida --separe a grana do táxi para curtir feliz--, e os espetáculos musicais no embalo de gêneros como marchinhas e frevo.

Jovens e experientes têm opções de bailes tradicionais e, para os pequenos, separamos dicas divertidas de folia. Quem prefere fugir dos clichês também ganhou um menu especial para curtir o feriado. Bom Carnaval!

Colaboração: Anderson Santiago, Laura Rago e Regiane Ishii


Bloco Cordão Cecília ocupa as ruas do bairro da Santa Cecília neste sábado (18) de Carnaval
- Crédito: Divulgação

BLOCOS DE RUA

Banda do Trem Elétrico
Criado por funcionários do metrô nos anos 1980, o bloco leva moderninhos ao Baixo Augusta. Depois, a folia segue para a quadra dos metroviários, no Tatuapé, e promete esticar até a manhã.
Informe-se sobre o evento.

Bloco dos Esfarrapados
Os foliões ocupam o bairro do Bixiga inspirados pelos desfiles de escolas de samba, porém em clima informal. Fundado em 1947, o bloco clama o título de "mais antigo do Brasil".
Informe-se sobre o evento.

Bloco Saci da Bixiga
Formado no bairro reduto do samba paulistano, o bloco traz como mascote o folclórico personagem nacional em festejo com composições próprias e marchinhas clássicas do Carnaval.
Informe-se sobre o evento.

Cordão Cecília
Em sua terceira edição, o cordão homenageia o cantor Wando e ocupa as ruas da Santa Cecília com marchinhas. Antes de dispersar, a folia para em frente à Associação Cultural Cecília, onde a banda Periculina toca do brega à lambada.
Informe-se sobre o evento.

João Capota na Alves
Batizado em homenagem às ruas João Moura, Capote Valente e Alves Guimarães, o bloco sai por Pinheiros com foliões fantasiados cantando tema que ironiza as previsões apocalípticas para 2012.
Informe-se sobre o evento.


RODAS DE SAMBA

Bar Brahma
Situado no classudo cruzamento das avenidas Ipiranga e São João, o bar promove a tradicional roda de samba do cantor Naninha nas tardes de sábado, que acerta em cheio na combinação feijoada + chopes ou caipirinhas por R$ 80 a R$ 95.
Informe-se sobre o evento.

A roda de samba do Bar Brahma, que recebe a visita de passistas de escolas de samba; na foto, a bateria da Pérola Negra
A roda de samba do Bar Brahma, que recebe passistas de escolas de samba; na foto, a bateria da Pérola Negra - Crédito: Isadora Brant/Folhapress

Bar do Alemão
O bar é opção para quem curte uma tradicional roda de samba, pela qual já passaram lendas como Cartola, Clara Nunes e Nelson Cavaquinho.
Informe-se sobre o evento.

Bar do Cidão
Clima de botequim, com samba, chorinho e simplicidade nas porções e drinques são a receita do sucesso -particularmente de quinta a sábado.
Informe-se sobre o evento.

Ó do Borogodó
Com programação que inclui choro, partido alto
e samba, a casa agrada a jovens universitários e está quase sempre lotada. Aos sábados, o bar oferece sua tradicional feijoada.
Informe-se sobre o evento.

Quinta do Samba
Conhecida pelos saraus boêmios em meio a livros de poesia e reunindo escritores e amantes da literatura, a roda de samba agita o bar do Zé Batidão às quintas-feiras.
Informe-se sobre o evento.

Samba
Imagens de sambistas célebres decoram as paredes do bar, que aposta no samba de raiz
aos sábados para levantar os clientes.
Informe-se sobre o evento.

Você Vai Se Quiser
Os frequentadores da casa ganham a companhia de integrantes de escolas de samba na roda,
que bomba aos sábados.
Informe-se sobre o evento.


BAILES E FESTAS

Baile de Carnaval do Bar Brahma
A tradicional casa no centro adiciona samba-rock às marchinhas e aos sambas-enredos tocados
por banda e por baterias de escolas de samba nos quatro dias de farra.
Informe-se sobre o evento.

Baile de Máscaras do Havana Club
Em sua sexta edição, a festa "open bar" no hotel Renaissance revive o charme dos Carnavais de Veneza e Paris, sem esquecer as marchinhas. Foliões esgotados e endinheirados podem esticar a estada a preços diários entre R$ 649 e R$ 1.095.
Informe-se sobre o evento.

Carnabaile do Piratininga
O tradicional clube no centro da cidade resgata, amanhã (dia 18), marchas e sambas-enredos com banda, DJ e passistas. Na terça (21), a festa tem integrantes da escola de samba Nenê da Vila Matilde.
Informe-se sobre o evento.

Carnaval de Todos os Tempos
Quatro dias de folia sob a condução da banda Koisa Nossa, que promete joias do cancioneiro folião como "A Jardineira" e "O Teu Cabelo Não Nega". Inclui tributo ao ator e compositor Mário Lago, autor de marchas como "Atire a Primeira Pedra".
Informe-se sobre o evento.

Carnaval do Moleque Travesso
O clube Juventus convida sócios e público para quatro dias de festas. Crianças e adolescentes podem curtir as tradicionais matinês do clube, referências na região leste da cidade.
Informe-se sobre o evento.

Matinê do Clube Paineiras
Destinada aos pequenos até dez anos e a seus respectivos pais ou responsáveis, a festa faz folia com a banda Beat Bop, com DJ e com marchinhas de Carnaval. Inclui um desfile de fantasias na passarela do salão social do clube e oficinas como a de escultura de balões.
Informe-se sobre o evento.


SHOWS

Arrastão Musical
Na série Carnaval Brincante, a banda revê as fanfarras em formação com percussão e sopros, transitando por gêneros como salsa, afoxé e baião.
Informe-se sobre o evento.

Carnaval de Rainhas
As cantoras Adelaide Chiozzo e Silvia Maria reveem Marlene e Emilinha Borba, expoentes da era de ouro do rádio, em sucessos como "Lata d'Água".
Informe-se sobre o evento.

Carnaval na Contramão
A série traz três shows da banda Hamlet, que mistura música e teatro para "ressuscitar" e rever, em canções, a trajetória que a levou ao fim. O repertório é versátil e vai de sambas a temas pop como "How Deep Is Your Love", dos Bee Gees.
Informe-se sobre o evento.

Céllia Nascimento
A cantora faz show dançante em versões de nomes como Jorge Ben Jor, Marcus Ribas e Tim Maia.
Informe-se sobre o evento.

Conversa de Botequim
O grupo explora a obra do compositor carioca Noel Rosa em sambas como "Com que Roupa", "Três Apitos" e "O Orvalho Vem Caindo".
Informe-se sobre o evento.

Dias de Folia
A unidade Osasco do Sesc promove quatro dias de atrações em várias disciplinas. Nos shows, destaque para o Grupo Furunfunfum, relembrando personagens do Carnaval como Pierrot, Colombina e Arlequim, e para a banda Piratas da Perna de Pau, que apresenta o frevo pernambucano.
Informe-se sobre o evento.

Maria Alcina
Parceira de Emilinha Borba nos anos 1980, a cantora mineira revê marchinhas marcantes como "Tomara que Chova" e "Mulata Bossa Nova", como parte do projeto Carnaval das Marchinhas, que tem programação multidisciplinar.
Informe-se sobre o evento.

Regional Tupinambá no Carnaval
O projeto Carnaval Brincante promove encontro entre o grupo Regional Tupinambá e os cantores Roberto Seresteiro e Tuco Pellegrino, que tocam clássicos do Carnaval.
Informe-se sobre o evento.

Tantas Artes
A série resgata marchinhas e sambas-enredos. Destaque para o Cordão Carnavalesco Ziriguidum, de Osvaldinho da Cuíca, para a cantora Maria Alcina, que revê ícones da era do rádio no Brasil, e para as velhas guardas das escolas X9 de Santos, Camisa Verde e Branco e Nenê de Vila Matilde. Os três dias de programação incluem ainda oficinas, narração de histórias e peças, como a que homenageia o compositor Lamartine Babo.
Informe-se sobre o evento.

Yassir Chediak
O violeiro apresenta o espetáculo "Luiz Gonzaga na Viola", relendo canções do mestre do baião como "Asa Branca" e "Respeita o Januário".
Informe-se sobre o evento.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais