Conheça locais em São Paulo onde toca bossa nova e chorinho

Os ritmos genuinamente brasileiros têm lugares cativos na cidade de São Paulo. Para quem pretende apreciar e arriscar uns passos, veja a seleção de locais abaixo.

Bossa Nova

- Crédito: Reprodução

Ao Vivo Music
Misto de bar e casa de shows intimista, o Ao Vivo Music, aberto em 2006, fica nas imediações de Moema (região sul da capital paulista) e tem programação intensa e eclética, com bandas, artistas solo e comédia stand-up. O forte são os shows de MPB e de bossa nova, como do decano Zimbo Trio, que toca por ali toda última sexta-feira do mês (o próximo será em 27/2). Ingr.: R$ 7 a R$ 35.
Informe-se sobre o local

Bar Brahma
Hoje sessentão, o bar na esquina da São João com a Ipiranga (região central da capital paulista) continua atraindo gringos e grupos de amigos saudosistas. O ambiente, levemente kitsch, é cenário para temporadas inusitadas, como Elza Soares (quartas) e Demônios da Garoa (quintas-feiras). Também há espaço para novos nomes, como Mariana Belém, todas as terças. Couv. art.: R$ 25 a R$ 55.
Informe-se sobre o local

Café Paon
Localizado em Moema (região sul da capital paulista), o bar, café e restaurante abriu as portas em agosto de 2008 e tem uma boa estrutura para pequenos shows. Além dos sábados dedicados ao samba (com feijoada). Ingr.: R$ 25 (mulher) e R$ 35 (homem).
Informe-se sobre o local

Villaggio Café
Por 16 anos localizado no Bexiga, o bar cresceu e foi transferido em 2008 para Pinheiros (região oeste da capital paulista). A programação, 100% voltada para a MPB, contempla principalmente shows de jovens cantores e compositores de diferentes regiões do país. Ingr.: R$ 5 a R$ 15.
Informe-se sobre o local

Chorinho

Magnólia Villa Bar
Com decoração rústica e clima de fazenda, o simpático bar cede espaço para artistas de várias vertentes da música brasileira. Vale prestar atenção nas apresentações de choro e samba, entre sexta-feira e domingo. O músico João Lúcio, a cantora Anaí Rosa e os conjuntos Samba & Choro e Farinha Seca são atrações frequentes na casa. Ingr.: a partir de R$ 8.
Informe-se sobre o local

- Crédito: Beatriz Toledo/Folha Imagem

Praça Benedito Calixto
Realizado sem falta todos os sábados, das 14h30 às 18h30, o projeto Chorinho na Praça ocupa descontraidamente a área de alimentação da feira da Benedito, bem ao lado de barraquinhas de doces caseiros, acarajé e outros quitutes. Sem qualquer tipo de estrelismo, os músicos são simpáticos e tocam belos choros.
Informe-se sobre o local

Sesc Avenida Paulista
Esta unidade do Sesc tem em sua programação a série Noites de Choro e Jazz, que, dois dias por semana, leva apresentações musicais à comedoria. Nas quartas-feiras do mês de fevereiro a atração é o tradicional grupo Choro, Seresta e Cia., tocando Pixinguinha, Ernesto Nazareth e Jacob do Bandolim, entre outros bambas.
Informe-se sobre o local

Teatro Denoy de Oliveira

No espetáculo "O Choro e Sua História", em temporada no teatro Denoy de Oliveira, os irmãos Izaías e Israel Bueno de Almeida e mais três músicos recebem convidados para contar um pouco da história do chorinho. A ideia do show surgiu depois que a coleção de CDs "O Choro e Sua História" foi lançada, em 2006.

Teatro Denoy de Oliveira - r. Rui Barbosa, 323, Bela Vista, região central, São Paulo, SP. Tel.: 0/xx/11/3289-7475. 120 lugares. Seg.: 20h30. Grátis. Livre.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais