Filme com Marina Ruy Barbosa, romance LGBT e pré-indicado ao Oscar são destaques do dia na Mostra

Nesta quarta, evento reexibe 'A Favorita', longa escolhido para projeção na cerimônia de abertura

Nesta quarta-feira (24), a Mostra reexibe "A Favorita", filme escolhido para projeção durante a cerimônia de abertura do evento na semana passada. 

Vencedor do Grande Prêmio Especial do Júri no Festival de Veneza, o longa dirigido por Yorgos  Lanthimos  (“O Lagosta”, “O Sacrifício do Cervo Sagrado”) e estrelado por um time de fortes atrizes (entre elas, Emma Stone) reconstitui as maquinações por trás da corte inglesa no começo do século 18.

Entre os outros destaques do dia, estão o longa nacional "Todas as Canções de Amor", protagonizado por Marina Ruy Barbosa e Bruno Gagliasso, e "Rafiki", produção que narra o romance entre duas garotas em uma comunidade conservadora no Quênia.

Há, ainda, duas outras produções estrangeiras em cartaz nesta quarta: "A Árvore dos Frutos Selvagens", que vai representar a Turquia no Oscar, e "O Hotel às Margens do Rio", do aclamado cineasta sul-coreano Hong Sang-soo.

Confira cinco dicas para esta sexta na 42ª Mostra:

 

A Favorita

O filme que abre a Mostra se passa no século 18, quando a Inglaterra enfrenta uma guerra contra a França. A frágil rainha Anne ocupa o trono, mas é sua amiga Sarah quem governa o país. Nessa governo instável, chega à corte a ambiciosa serva Abigail, que se aproxima da monarca e a amizade crescente entre as duas desperta a ira de Sarah. O longa venceu o prêmio de melhor atriz pela atuação de Olivia Colman no Festival de Veneza. Do mesmo diretor de Alpes (2011), exibido na 36ª Mostra.

Cinearte Petrobras, Sala 1, às 21h30

A Árvore dos Frutos Selvagens

Longa, que vai representar a Turquia no Oscar, em 2019, mostra um aspirante escritor que retorna à sua sua aldeia natal. Lá, ele tentar juntar o máximo de dinheiro possível para sua primeira publicação. Porém, dívidas deixadas por seu pai podem atrapalhar seus planos.

Espaço Itaú de Cinema - Pompeia, Sala 1, às 21h00

O Hotel às Margens do Rio

Um velho poeta se hospeda em um hotel à beira do rio. Ele convoca os dois filhos, com quem tem uma relação distante porque sente que está morrendo. O poeta passa um dia com os filhos e tenta preencher as pontas soltas de sua vida, mas não é tão fácil fazer isso em tão curto espaço de tempo. Do mesmo diretor de O Dia Depois (2017), exibido na 41ª Mostra e Grass (2018), também em exibição na 42ª Mostra.

Espaço Itaú de Cinema - Frei Caneca, Sala 2, às 21h10

Todas as Canções de Amor

Recém-casados Chico e Ana se mudam para um novo apartamento. Lá, encontram uma antiga fita cassete gravada décadas atrás por Clarice, em uma fase em que ela vivia o término de relacionamento. Jovem escritora, Ana usa esse registro como inspiração para suas primeiras linhas. Da mesma diretora de A Imagem da Tolerância (2017), apresentado na 41ª Mostra.

Reserva Cultural, Sala 1, às 21h15

Rafiki

Duas grandes amigas apoiam uma a outra na conquista de seus sonhos, apesar das rivalidades entre as famílias. A amizade transforma-se em um romance que passa a afetar a rotina da comunidade conservadora em que vivem.

Espaço Itaú Cultural - Frei Caneca, Sala 1, às 16h00

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais