'No Intenso Agora' busca discutir a felicidade a partir de política



Dirigido por João Moreira Salles, o documentário "No Intenso Agora" propõe uma investigação sobre a felicidade a partir de imagens que retratam eventos políticos que marcaram a década de 1960.

Para começar, o cineasta resgata os registros caseiros feitos por Elisa Moreira Salles, sua mãe, quando ela esteve na China, em 1966, durante a Revolução Cultural.

A essas imagens se juntam outras feitas em maio de 1968, na França, na Primavera de Praga, na então Tchecoslováquia, e em protestos no Brasil.

A narrativa em off busca respostas sobre o que torna as pessoas felizes, como a felicidade se manifesta e o que a faz desaparecer.

Leia a crítica do filme.
Veja salas e horários de exibição.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais