Descrição de chapéu Oscar cinema
Cinema

Comédia francesa '50 São os Novos 30' brinca com a vida adulta

Na trama, Marie-Francine, de 50 anos, volta a morar com os pais

cena do filme 50 são os novos 30
Hélène Vincent (centro) e as gêmeas vividas por Valérie Lemercier - Jean-Marie Leroy/Divulgação
Úrsula Passos
São Paulo

Imagine perder quase tudo que marca a vida adulta, coisas como ter seu próprio dinheiro e morar sozinho. É o que acontece com Marie-Francine, de 50 anos, em “50 São os Novos 30” quando seu marido a abandona para ficar com uma mulher de 32 e ela fica sem seu trabalho de pesquisadora de células-tronco.

Vivida por Valérie Lemercier, também diretora do filme, ela volta a morar com os pais, interpretados pelos engraçadíssimos Hélène Vincent e Philippe Laudenbach, e passa a trabalhar para eles. É quando conhece o cozinheiro Miguel. Para os pais, ela volta a ser uma criança, e a comédia romântica se vale, é claro, das situações que tal convivência desencadeiam, como o casal ser pego na cama juntos e discussões sobre chegar em casa tarde e dar a descarga.

Veja salas e horários
Leia a crítica do filme

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais