Mostra com filmes adolescentes e retrospectiva de melhores do ano são atrações fora do circuito

Confira produções exibidas em programações especiais de cinema nesta semana em SP

Muito além das estreias de cinema semanais, salas especiais de São Paulo promovem, com frequência, mostras, sessões com debates, projeções comemorativas e outros eventos destinados aos cinéfilos da cidade. Confira a seguir a programação de cinema fora do circuito comercial desta semana.​

20x1999
Tido como um dos anos mais férteis da história recente do cinema, 1999 é tema de mostra promovida pela Cinemateca até 14/7. Com entrada gratuita, 20x1999: 20 Filmes que Completam 20 Anos reúne títulos como “Magnólia”, de Paul Thomas Anderson, “De Olhos Bem Fechados”, de Stanley Kubrick, “O Sexto Sentido”, de M. Night Shyamalan, e o terror que desencadeou a onda de found footage “A Bruxa de Blair”. Quem quiser aproveitar a mostra para divertir as crianças durante as férias escolares pode optar pelas sessões de “Toy Story 2” e de “Castelo Rá-Tim-Bum, o Filme”. Alguns dos títulos selecionados são exibidos em 35 mm, incluindo “Santo Forte”, documentário de Eduardo Coutinho.
Cinemateca - Lgo. Sen. Raul Cardoso, 207, Vila Clementino, região sul. Confira a programação completa em cinemateca.org.br. GRÁTIS

A Busca do Lucro e o Sussurro do Vento + A Palavra
Outros dois filmes que ganham projeções seguidas no IMS, nesta quinta (18) e no dia 21/7, são “A Busca do Lucro e o Sussurro do Vento” (2007), de John Gianvito, e “A Palavra” (1955), de Carl Theodor Dreyer. Parte do projeto Mutual Films, os longas dialogam com história e memória e são acompanhados de apresentação dos curadores do evento.
Salas e horários

Bye Bye Brasil + A Longa Caminhada
O IMS promove sessões duplas de “Bye Bye Brasil” (1980), de Cacá Diegues, e “A Longa Caminhada” (1971), de Nicolas Roeg, neste sábado (13) e na quarta (17). As tramas foram unidas na programação por discutirem a busca pelo desconhecido e a descoberta de seu próprio país —enquanto a primeira acompanha uma trupe de artistas, a segunda mostra dois irmãos no  interior da Austrália.
Salas e horários

Cine Vista
O terraço do shopping JK Iguatemi recebe, entre esta quarta (10) e 14/7, sessões de cinema ao ar livre, com telão, almofadões, mantas e aquecedores. Na seleção estão pré-estreias, como o filme “Atentado ao Hotel Taj Mahal” (2018; foto), e longas que saíram recentemente do cinema, como “Dumbo” (2019) e “Capitã Marvel” (2019).
Shopping JK Iguatemi - Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2.041, Vila Nova Conceição, região sul, tel. 3152-6800. Qua. e qui.: 20h às 21h30 e 22h30 às 24h. Até 14/7. Ingr.: R$ 30 a R$ 50. Ingr. p/ ingresso.com.

Grande Prêmio no Circuito Spcine
Pela primeira vez, a cerimônia do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro não acontecerá no Rio. Para a 18ª edição, São Paulo foi escolhida como sede do evento, que acontece em 14/8, no Theatro Municipal. Parceira da premiação, a Spcine exibe em seu circuito, entre esta quinta (18) e 14/8, os finalistas deste ano. São 22 filmes que concorrem nas categorias melhor longa de ficção, documentário, longa estrangeiro e longa ibero-americano. Eles são projetados nas salas Spcine Roberto Santos, Spcine Olido e Spcine Cidade Tiradentes, além de unidades do CEU. Entre os filmes que ganham sessões estão os nacionais “Benzinho” (2018) e “Chacrinha: O Velho Guerreiro” (2018), e os estrangeiros “Me Chame pelo Seu Nome” (2017) e “Uma Noite de 12 Anos” (2018).
Confira a programação completa em circuitospcine.com.br

Isa 25 anos
A mostra reúne oito filmes sobre meio ambiente e povos indígenas na Unibes Cultural, até terça (23). Entre os títulos está "Ka’a Zar Ukyze Wà - Os Donos da Floresta em Perigo", inédito nos cinemas.
Sala e horários

Mostra de Cinemas Africanos
Com o objetivo de dar destaque a produções cinematográficas que ganham pouco espaço no circuito paulistano, o Cinesesc realiza a quarta edição da Mostra de Cinemas Africanos entre esta quarta (10) e 17/7. São 24 filmes recentes de 14 países. Quênia, África do Sul, Tunísia, Nigéria, Egito, Marrocos, Burkina Faso, Gabão, Gana e Senegal estão na lista, além de países que não ficam na África, mas financiam produções dirigidas por expatriados do continente. Cursos e debates também estão na mostra, além do tradicional Cinema da Vela, bate-papo que dura o tempo do queimar de uma vela e discute, nesta edição, a desconstrução de estereótipos do cinema africano.
Sala e horários

Nóis na Tela
O Sesc Avenida Paulista promove, até 31/7, mostra gratuita de filmes voltada ao público jovem e com tramas que discutem seus dilemas. Os títulos selecionados foram o premiado “Divertida Mente” (2015), o romance LGBT “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho” (2014), o filme baseado nos quaderinhos da Marvel “X-Men: Primeira Classe” (2011), a animação nacional “O Menino e o Mundo” (2013) e o choroso “A Culpa É das Estrelas” (2014).
Sala e horários

Pop Cinema, Ficções/Fricções da Adolescência
Aproveitando que muitos adolescentes estão de férias, o CCSP promove mostra gratuita pensada para eles e que discute os dilemas da juventude, entre esta terça (16) e 27/7. Em Pop Cinema, Ficções/Fricções da Adolescência, 19 filmes abordam questões como sexualidade, saúde mental e identidade. Entre os selecionados estão o romance gay “Com Amor, Simon” (2018), que abre a mostra, os dramas “As Vantagens de Ser Invisível” (2012) e “As Virgens Suicidas” (1999), exibidos na quarta (17), e a comédia “Fora de Série” (2019), na quinta (18). Três debates também estão na programação, nos dias 25, 26 e 27/7. Neles, público e especialistas conversam sobre questões LGBT e de gênero, equilíbrio emocional e consciência negra, respectivamente.
Salas e horários

A Prece
A Folha promove, nesta terça (16), mais uma edição do Ciclo de Cinema e Psicanálise, no MIS. O filme que ganha sessão gratuita é o francês “A Prece” (2018), de Cédric Kahn. Premiada em Berlim, a trama acompanha um grupo de ex-usuários de drogas que se isolam em uma montanha, onde rezam para conseguirem abandonar o vício. A projeção é seguida de debate com a psicanalista Maria de Lurdes Zemel e com o jornalista da Folha Naief Haddad.
Sala e horário

Shoah
Marco do cinema documental, o premiado “Shoah” (1985), de Claude Lanzmann, será exibido no MIS em quatro partes. Suas mais de nove horas de duração serão dividias para projeção nesta quarta (17), na quinta (18) e nos dias 24 e 25/7. Gratuitas, as sessões acontecem sempre às 19h. Coprodução entre França e Reino Unido, o longa reconstrói a história do Holocausto pelos olhos de suas vítimas, utilizando entrevistas com sobreviventes e autores dos crimes.
Sala e horários

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais