Fique em casa: filmes com Tom Hanks e Bruna Marquezine estreiam no streaming

Indicado ao Oscar, o documentário 'Honeyland' também chega às plataformas

São Paulo

Com a quarentena em São Paulo prorrogada até pelo menos 31 de maio, acompanhar os lançamentos do cinema só é possível graças ao streaming.

Nesta semana, entram em cartaz nas plataformas longas como "Um Lindo Dia na Vizinhança" (2019), drama que rendeu uma indicação de ator coadjuvante a Tom Hanks na última edição do Oscar; e "Vou Nadar Até Você" (2017), que marca a estreia de Bruna Marquezine no cinema e que estava em cartaz no momento em que os cinemas fecharam.

Além deles, estreia o documentário "Honeyland" (2018), sobre a última apicultora nômade na Macedônia do Norte. Exibido na Mostra Internacional de Cinema no ano passado, o título concorreu ao Oscar como documentário e filme internacional.

No Belas Artes à la Carte, as novidades incluem clássicos como "A Aventura" (1960), de Michelangelo Antonioni e "O Grande Segredo" (1946), de Fritz Lang. Confira.

A Aventura
L'Avventura. França/Itália, 1960. Direção: Michelangelo Antonioni. Com: Gabriele Ferzetti. Monica Vitti e Léa Massari. 135 min.
Um grupo de amigos parte em um cruzeiro da Sicília e para em uma desolada ilha no meio do Mediterrâneo. Tudo vai bem até que Anna some. Enquanto uma parte do grupo decide ir a uma outra ilha anunciar o desaparecimento, o namorado e uma amiga de Anna ficam para procurá-la, mas acabam se apaixonando.
Disponível no Belas Artes à La Carte (assinatura mensal: R$ 9,90)​.

​O Assassinato de Trotsky
The Assassination of Trotsky. Inglaterra/França/Itália, 1962. Direção: Joseph Losey. Com: Richard Burton, Alain Delon e Romy Schneider. 103 min. 14 anos.
O filme policial revela e reconstrói, em detalhes, os eventos que precederam o assassinato do líder socialista Leon Trotsky, no México.
Disponível no Belas Artes à La Carte (assinatura mensal: R$ 9,90)​.

A Balada de Narayama
Narayama Bushikou. Japão, 1983. Direção: Shohei Imamura. Com: Sumiko Sakamoto, Ken Ogata e Takejo Aki. 131 min.14 anos.
Vencedor da Palma de Ouro em Cannes, o longa acompanha a tradição de uma cidade japonesa em que os anciãos vão ao topo de uma montanha encontrar a morte. Prestes a fazer a viagem, Orin se preocupa em encontrar uma esposa para seu filho mais velho.
Disponível no Belas Artes à La Carte (assinatura mensal: R$ 9,90)​.

Bons Meninos
Good Boys. EUA, 2019. Direção: Gene Stupnitsky. Com: Jacob Tremblay, Keith L. Williams e Brandy Noon. 90 min.
Três meninos pré-adolescentes resolvem matar aula para consertar um drone quebrado antes que seus pais cheguem em casa. Os amigos acabam se envolvendo em uma série de aventuras cômicas.
Disponível na Apple Tv (R$ 14,90, para locação, e R$ 49,90, para compra); Google Play (R$ 11,90, para locação, e R$ 39,90, para compra); Looke (R$ 14,99, para locação, e R$ 69,99, para compra); Oi Play e Vivo Play (R$ 14,90, para locação); YouTube (R$ 11,90, para locação, e R$ 44,90, para compra).

Emma.
Idem. Reino Unido, 2019. Direção: Autumm de Wilde. Com: Anya Taylor-Joy, Johnny Flynn e Josh O'Connor. 125 min.
Jovem, inteligente e rica, Emma Woodhouse não tem pretensões de se casar. Ainda assim, ela dá palpites amorosos para seus conhecidos na tentativa de juntar casais que conseudera apropriados, o que provoca confusões por conta de sua teimosia. Inspirado na obra homônima de Jane Austen.
Disponível na Apple TV (R$ 49,90, para compra).

Honeyland
Idem. Macedônia do Norte, 2018. Direção: Ljubomir Stefanov e Tamara Kotevska. 90 min. Livre
Ao acompanhar o ofício da última apicultora nômade da Macedônia, este documentário explora a tensão entre industrialização e sustentabilidade, além de mostrar o papel das abelhas no equilíbrio do ecossistema. Vencedor do prêmio do júri de melhor documentário mundial no Festival de Sundance e pré-indicado da Macedônia do Norte ao Oscar de melhor filme internacional.
Disponível no Looke.

O Grande Segredo
Cloack and Dagger. EUA, 1946. Direção: Fritz Lang. Com: Gary Cooper, Robert Alda e Lilli Palmer. 106 min.14 anos.
No filme do mesmo diretor de "Metropolis" (1927), um cientista americano vai para a Europa em busca de seu amigo que foi capturado por nazistas para construir uma bomba atômica.
Disponível no Belas Artes à La Carte (assinatura mensal: R$ 9,90)​.

Um Lindo Dia na Vizinhança
A Beautiful Day in the Neighborhood. EUA, 2019. Direção: Marielle Heller. Com: Tom Hanks, Matthew Rhys e Chris Cooper. 109 min. 12 anos.
O filme acompanha a história real de Tom Junod, jornalista que precisa escrever para a revista Esquire sobre Fred Rogers, veterano e gentil apresentador de um popular programa infantil. No entanto, o contato entre os dois influencia radicalmente a vida do repórter. Da mesma diretora de “Poderia Me Perdoar?” (2018).
Leia a crítica.
Previsão de estreia no streaming 20 de maio.

A Missy Errada
The Wrong Missy. EUA, 2020. Direção: Tyler Spindel. Com: David Spade, Lauren Lapkus e Nick Swardson. 90 min.
Esta produção original da Netflix acompanha um homem com a intenção de convidar a mulher de seus sonhos para fazer uma viagem para o Havaí, mas descobre que enviou a mensagem de texto para a pessoa errada, e ela aceitou.
Disponível na Netflix (assinatura a partir de R$ 21,90).

O Preço da Verdade
Dark Waters. EUA, 2019. Direção: Todd Haynes. Com: Mark Ruffalo, Anne Hathaway e Tim Robbins. 128 min. 12 anos.
Um advogado que se notabilizou defendendo grandes empresas é consultado por um fazendeiro de uma pequena cidade, que acredita que seus animais estão morrendo por conta de toxinas na água. Ao descobrir o envolvimento da química DuPont, ele se dispõe a arriscar sua carreira para levar o caso adiante.
Leia a crítica.
Disponível no Looke.

Tarde para Morrer Jovem
Tarde para Morir Joven. Chile/Brasil/Argentina/Holanda/Qatar, 2017. Direção: Dominga Sotomayor. Com: Demian Hernández, Antar Machado, Magdalena Tótoro, Matías Oviedo e Andrés Aliaga. 110 min. 14 anos.
No verão de 1990, após a queda da ditadura no Chile, um vilarejo ao pé da cordilheira dos Andes mantém um estilo de vida distanciado do caos urbano. Nesse contexto, jovens amadurecem, amam e vivem
conflitos e inseguranças pessoais.
Leia a crítica.
Disponível no Now e Vivo Play (R$ 11,90, para locação).

Vaga Carne
Brasil, 2019. Direção: Grace Passô, Ricardo Alves Jr. 45 min.
O média-metragem é frtuto do monólogo teatral homônimo, também interpretado por Grace Passô. No fime, uma mulher que não consegue se mover no mundo, tem o corpo invadido por uma voz, que passa então a ensaiar movimentos.
Disponível no SPcine Play (grátis por 30 dias).

Vou Nadar Até Você
Brasil, 2017. Direção: Klaus Mitteldorf. Com: Bruna Marquezine, Peter Ketnath e Ondina Clais. 107 min. 16 anos.
Criada apenas pela mãe, uma fotógrafa acredita ter finalmente descoberto o paradeiro de seu pai. Ele lhe escreve uma carta e resolve nadar de Santos a Ubatuba, no litoral paulista, para encontrá-lo, mas alguém a segue durante o percurso.
Leia a crítica.
Previsão para estreia no streaming 19 de maio

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais