"Desvio para o Vermelho" leva dança e videoinstalação ao palco

Crédito: Silvia Machado/Divulgação
A atriz Carmen Gomide em "Desvio para o Vermelho", em cartaz na região oeste de SP

Para a astrofísica, o desvio vermelho designa o deslocamento em alta velocidade de um corpo no espaço. Para Carmen Gomide, que concebeu o espetáculo "Desvio para o Vermelho", o termo tem a ver com fatos do cotidiano de um casal que passam despercebidos.

No espetáculo, dança e projeções em vídeo se misturam e criam efeitos visuais para o público. A coreografia, que já passou pela cidade, reestreia na Sala Crisantempo, na Vila Madalena (região oeste da capital paulista) e poderá ser vista de quinta a sábado, até 31 de outubro. A direção é de Rosa Hércoles.

Carmen Gomide e Aguinaldo Bueno são os corpos que ganham as luzes dos vídeos em cena. O trabalho cênico de dança/vídeo-instalação desenvolve ações baseadas na observação dos estados de suspensão que são experimentados diante dos fatos da vida.

Sala Crisantempo - r. Fidalga, 521, Vila Madalena, região oeste, São Paulo, SP. Tel.: 0/xx/11/3819-2287. Qui. a sáb.: 21h. Até 31/10. Ingr.: R$ 10.

Leia mais no Guia da Folha Online

Especial

Livraria

As informações estão atualizadas até a data acima. Sugerimos contatar o local para confirmar as informações

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

[arquivo "virtual/hunting/1/newslists/concertosedanca/hunting_newslist.inc" não encontrado em: "http://guia.folha.uol.com.br/virtual/hunting/1/newslists/concertosedanca/hunting_newslist.inc", "http://indices.corp.folha.com.br/virtual/hunting/1/newslists/concertosedanca/hunting_newslist.inc", "/virtual/hunting/1/newslists/concertosedanca/hunting_newslist.inc"]