Descrição de chapéu Crítica
Criança

Com texto desenvolto, peça sobre Carmen Miranda entrega resultado excepcional

Espetáculo está em cartaz no CCBB

GABRIELA ROMEU
São Paulo

“Carmen, a Pequena Grande Notável”, musical com direção de Kleber Montanheiro, traz a história de Maria do Carmo Miranda da Cunha (1909-1955) em meio aos costumes da época e ao contexto sonoro de seu tempo.

Com dramaturgia ágil de Heloisa Seixas e Julia Romeu, conhecemos uma menina rebelde, a jovem batalhadora a cantar nos ateliês e a mulher irreverente e desbocada.

A atriz Amanda Acosta convence rapidamente na piscada de olhos, no andar miúdo e firme e no rebolado comedido, sem exagerar nos trejeitos da figura de muitos balangandãs.

Carmen, a Pequena Grande Notável
Peça acompanha vida de Carmen Miranda, interpretada por Amanda Acosta (centro) - Leekyung Kim/Divulgação


Num palco diminuto, cenografia e figurino, também assinados por Montanheiro, adicionam outras camadas narrativas ao espetáculo, inspirado no teatro de revista brasileiro.

O figurino aos poucos ganha cor, enquanto Maria do Carmo se revela Carmen Miranda no andamento da trama. E no cenário, as letras de seu nome, em arranjos, criam diferentes planos, amparando o jogo cênico.

Sem titubear no ritmo, o espetáculo traz a biografia da pequena notável à luz dos dias de hoje, em meio ao empoderamento feminino que a personagem representa.

Indicação da crítica: a partir de 9 anos
CCBB - R. Álvares Penteado, 112, Centro, tel. 3113-3651. Sáb.: 11h. Até 26/1. Estac. a partir de R$ 15 (r. Sto. Amaro, 272, c/ serviço de van grátis até o CCBB). Ingr.: R$ 20, p/ eventim.com.br.  
 

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais