Descrição de chapéu Crítica
Criança

Adaptação de Shakespeare envolve público do início ao fim com humor

Peça está em cartaz no Vigo Espaço Cênico

MÔNICA RODRIGUES DA COSTA
São Paulo

Espetáculo de estreia da Companhia Nefanda, a adaptação de “A Comédia dos Erros”, de William Shakespeare (1564-1616), traduzida e adaptada por Tom Muszkat Cortese, envolve adultos e crianças e mantém as gargalhadas do público do início ao fim, sobretudo pela qualidade da interpretação dos atores.

Farsesco e improvável, o enredo apresenta uma situação difícil de se acreditar, a de que, um dia, um pai e uma mãe gregos foram separados dos filhos gêmeos, que tinham como criados desde a infância —costume da época— outro par de gêmeos.

Peça "A Comédia dos Erros"
Atores em cena da peça ‘A Comédia dos Erros’, em cartaz no Vigo Espaço Cênico - Divulgação

Introduzida no prólogo, como em todas as peças do inglês, a história conta que os quatro gêmeos se reencontram 25 anos depois em Éfeso, cidade de dois deles. Os outros viviam em Siracusa e, ao viajar, acabaram na primeira cidade, que é inimiga.

Ponto alto do espetáculo, os atores representam com brilhantismo a sucessão de cenas com muitos diálogos. Os erros dos gêmeos ao encontrarem os parentes uns dos outros revelam os enganos captados pelo público, que ri dos truques e palhaçadas antecipadamente. Em cenário envolvente que simula uma taberna popular, a peça traz figurinos que fazem uma releitura do período medieval.

Indicação da crítica: a partir de 11 anos
Viga Espaço Cênico - sala espelho - R. Capote Valente, 1.323, Pinheiros, região oeste, tel. 3801-1843. 40 lugares. Sáb.: 16h. Dom.: 14h30. Até 16/12. 85 min. Livre. Ingr.: R$ 40. Ingr. p/ sympla.com.br.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais