Passeios Especial

Eric Discos

Ícone de marcador no mapa Eric Discos Ver mapa

O inglês Eric Crauford, 66, veio de Londres para São Paulo em 1972. Em 1979, abandonou um emprego em um banco para montar seu sebo com parte da imensa coleção. São 80 mil álbuns nas seis pequenas salas da loja (incluindo uma pequena parte de CDs) e 50 mil discos de vinil em sua coleção particular. O menu é variado e cobre figurões e obscuridades de praticamente todos os gêneros, do carimbó ao blues de raiz, passando por um exemplar de "Araçá Azul", de Caetano Veloso (1972; R$ 68), e pelo item mais caro do acervo: "Their Satanic Majesties Request", dos Rolling Stones (1967; R$ 400), em edição original com uma imagem holográfica em 3D na capa. "Tenho alguns da década de 1940", diz, reforçando o argumento de que, se cuidado _"guardado em um lugar sem umidade, dentro dos plásticos interno e externo, o vinil dura mais que o CD. Não é a única razão da paixão de Crauford: "além do som do vinil ser melhor, você perde, no digital, a beleza da arte, dos encartes". Com uma lista de visitantes ilustres que inclui Fatboy Slim ("ele vem comprar bossa nova") e, no passado, Raul Seixas (1945-1989), ele está seguro sobre a nova onda: "Vem cada vez mais gente aqui dizendo que comprou vitrola e não tem coleção. E cada vez mais novos. O vinil está voltando."

Preço
Horários Abre hoje às 12h30
Telefone 3081-8252

As informações foram checadas em 19/09/2018.

Sugerimos contatar o local para confirmar as informações.

Características

  • Ícone Wi-fi Tem wifi

Próximo a Eric Discos

Restaurantes
Restaurantes
Bares

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Você também pode se interessar por

  • Passeios

    Caminhada Noturna Pelo Centro

    Especial
    Abre qui. às 20h | Grátis

    Saindo da frente do Theatro Municipal todas as quintas, mos­tra marcos tradicionais e pontos menos conhecidos da metrópole

  • Passeios

    Disco Sete Vinil

    Especial
    Aberto até 19h30

    A Disco 7 Vinil abriga de 1.500 a 2 mil discos, "divididos principalmente em soul, música negra e jazz. E um pouquinho de rock", explica Carlos Galdy Silveira, 46, o Carlinhos. Ele tem a loja há cerca de dez anos, mas convive com os discos há muitos mais. "[O vinil...

  • Passeios

    Disconcert

    Especial
    Abre hoje às 14h

    Com foco no rock, a pequena loja em Perdizes (são cerca de 500 discos em vinil) é generalista e abrange os figurões de praticamente todos os grandes gêneros musicais: punk, folk, rock clássico, bossa nova, jazz e MPB. Vende também CDs e DVDs e trabalha com encomend...

  • Final do conteúdo