A Tropicana faz sorvete orgânico em chapa gelada usando técnica tailandesa



Depois de uma viagem à Tailândia, o casal Tulio Ferraro e Renata Atra resolveu abrir uma sorveteria. No país asiático, eles conheceram o sorvete orgânico feito em chapa fria e decidiram trazer a técnica para cá.

No início, eles vendiam a guloseima em uma food bike, mas em dezembro resolveram abrir a sorveteria A Tropicana, na Vila Mariana.

Ali, o sorvete é feito sem gordura hidrogenada e conservantes e leva frutas e açúcares orgânicos.

Ao cliente, basta escolher os ingredientes: primeiro, a base, que pode ser de leite integral (R$ 16), iogurte de kefir (R$ 18) ou leite vegano (R$ 18), e, depois, o sabor, como tapioca com coco e leite condensado com cobertura de frutas vermelhas ou café-arábica com gotas de chocolate. Tudo é misturado em uma chapa de metal, a uma temperatura em torno de -30°C, e, em três minutos, o sorvete está pronto para receber a cobertura e ser devorado.

O sabor é o mesmo da guloseima convencional, a diferença é que ela é feita com ingredientes orgânicos.

Além dos sorvetes, a casa tem pão de queijo (R$ 6), saladas no copo (de R$ 10 a R$ 12), bolo de banana e aveia (R$ 6 a fatia) e tapiocas e sanduíches (R$ 16).

R. Estela, 275, Vila Mariana, região sul, tel. 5081-6486. 34 lugares. Seg. a sáb.: 10h às 20h. CC: V, M, AE, E, D. De 23/12 a 10/1: fechado.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais