CRÍTICA: Com cara de lounge descolado, novo Terço tem atrações que surpreendem o paladar

A aparência, que pode ser avistada já da rua por uma porta/janelão, atrai e espanta: o Terço parece um lounge aconchegante, pela luz tênue, pelas poltronas, pela diminuta dimensão, pela arquitetura de matérias brutas e cores tímidas, pela música fácil. Mas, ao mesmo tempo, não parece ter na cozinha algum atrativo especial.

Engano: quem atravessar o corredor estreito depois da porta (aliás, para quê, com aquela parede aberta ao lado?) verá que na casa não faltam atrativos para o paladar. Consequência natural, talvez, da natureza dos sócios, três dos quais são chefs de cozinha (Luiza Hoffmann e Sayuri Tsuji, ambas ex-Figo, e Luiz Gustavo Moraes). A outra é sommelière, Gabriela Bigarelli.

BAR TERCO
Rosbife de fraldinha, ceviche de lichia, cubinhos de mac and cheese, nhoque de batata-doce e costela são alguns dos itens do menu do Terço - Bruno Santos/Folhapress

Vindo de chefs múltiplos, o cardápio também assim o é: pouca coisa, mas um pouco de tudo. Um belo forno a lenha produz pizzas de massa grossa e leve —uma das quais com um belo upgrade (como tenho visto em outras casas) da cobertura à portuguesa (aqui ela tem presunto cru, cebola roxa e ovo de gema mole). Também aparecem sabores como abobrinha, parmesão e calabresa (mais um que escreve com "z").

Do mesmo forno, sai a suculenta costela (assada por horas no calor residual da madrugada) com gratin de mandioca na manteiga de garrafa e farofa. E uma sobremesa, o cremoso brownie de chocolate com sorvete de manga e maracujá.

Os pontos da cozinha são cuidadosos. A linguiça na cachaça com farofa de castanhas está ainda úmida, o atum em crosta de linhaça, servido com purê de banana, tem o centro com aquele vermelho vibrante malpassado. Também são suculentos os camarões ao curry com leite de coco e arroz com castanha (mas cadê a fragrância e a picância do curry?).

O Terço tem também almoço executivo com bufê, mas é melhor para a noite: lugar agradável para tomar um drinque criado pela bartender Talita Simões, e jantar bem em local inusitado.

Avaliação: bom

R. Balthazar da Veiga, 246, Vila Nova Conceição, região sul, tel. 3562-2192. Ter. a sex.: 12h às 15h e 19h às 24h. Sáb.: 13h às 1h. Dom.: 13h às 23h. 

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais