Bloco que estreia no Carnaval de SP tem como tema uso de camisinha

O bloco Boca de Veludo, que estreia no dia 19 de fevereiro no Carnaval de São Paulo, tem como tema a conscientização do público sobre o uso da camisinha e a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.

Durante o desfile haverá distribuição de preservativos em parceria com o grupo Impulse São Paulo, formado por jovens que trabalham em colaboração com AHF Brasil (Aids Healthcare Foundation) pela prevenção da Aids e aceitação da comunidade de homens gays.

"Meu principal objetivo com o bloco, além de levar alegria para as ruas, é mostrar que todos nós podemos nos divertir com responsabilidade", diz Bruno  Motta, produtor do bloquinho.

Os DJs Cabral e Nill Rogger comandarão a folia ao som de vertentes da música eletrônica.

A concentração começa às 15h na esquina da rua Mateus Grou com a Cardeal Arcoverde, em Pinheiros, na zona oeste. A dispersão será às 20h no final da Mateus Grou com a rua dos Pinheiros. 

Segundo a Secretaria Municipal de Cultura, 495 blocos se cadastraram para desfilar pelas ruas de São Paulo durante o período de 17 de fevereiro a 5 de março.

Em 2016, cerca de 2 milhões de pessoas participaram do Carnaval de rua de São Paulo, que recebeu 306 blocos durante três finais de semana, de acordo com a prefeitura.

Boca de Veludo – esquina da rua Mateus Grou com a Cardeal Arcoverde, Pinheiros, região oeste. 19/2, 15h. Grátis.
Confira a página do evento no Facebook.


Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem