Espetáculo "O Astronauta" une pequenos e adultos a David Bowie

Crédito: Ana Fuccia/Divulgação

Na música "Space Oddity", o cantor David Bowie apresenta de forma viajante um astronauta perdido, o "major", que tenta fazer contato com a torre de controle, mas não obtém sucesso. A canção é de 1969, ano em que o homem foi à Lua pela primeira vez.

É a partir desse universo do músico inglês que o diretor italiano Alvise Camozzi criou o espetáculo "O Astronauta", que está em cartaz no teatro Cleyde Yáconis (zona sul de São Paulo), até 8 de agosto.

A voz de Marcelo Tas explica aos pequenos a história do protagonista já no começo. Na peça, Tom é um astronauta perdido com sua nave no espaço desde 1969. Ao lado do companheiro Ziggy, um curioso peixe-boi flutuante (referência ao personagem Ziggy Stardust, criado e vivido por David Bowie na década de 1970) encena suas peripécias pelo espaço, em busca de meios para contatar os terráqueos.

A ideia, aqui, é valorizar a comunicação entre os seres humanos, algo banalizado hoje com a tecnologia, segundo o diretor. "Quis ligar duas gerações, a dos pais que curtiram Bowie nos anos 1970 e a das crianças, que não conhecem o músico", explica Camozzi.

A trilha sonora, projeções de vídeo e teatro de bonecos ajudam a dar vida à narrativa.

Informe-se sobre o evento

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais