Descrição de chapéu Crítica
Criança

Peça poética 'O Gigante Adamastor' adapta clássico de Camões para as crianças

Espetáculo está em cartaz aos domingos no Sesc Ipiranga até 3/6

MÔNICA RODRIGUES DA COSTA
São Paulo

Ambientada em cenário que mistura cor, textura e estampas do artesanato nordestino com materiais flexíveis, como o biombo de borracha que permite que o ator atravesse paredes e realize outros truques, a peça “O Gigante Adamastor” é fascinante, mesmo que alguns trechos sejam difíceis de entender.

Cena da peça infantil 'O Gigante Adamastor', inspirado em Camões
Cena da peça infantil 'O Gigante Adamastor', inspirado em obra de Camões - Roberto Morettho/Divulgação

O espetáculo é adaptado de “Os Lusíadas”, poema épico de Camões, e o enredo é atravessado por metáforas que representam a tristeza de um gigante ao perder o amor de sua vida ou seu tormento ao atravessar tempestades nos mares.

A adaptação e a direção, de Roberto Morettho, mantêm límpido o estilo do texto, de Heloisa Prieto, que alterna uma espécie de recital de poesia —denso, obscuro— com as peripécias de três crianças no imaginário Circo das Tormentas, onde habitam deuses e heróis. A música reforça o lirismo e inclui cantos belos, como o do início: “O mar é casado/ O mar também tem mulher/ É casado com a areia/ Dá-lhe beijos quando quer”.

Avaliação: muito bom
Indicação da crítica: a partir de 8 anos

Sesc Ipiranga - R. Bom Pastor, 822, Ipiranga, tel. 3340-2000. Dom.: 11h. Até 3/6. 60 min. Livre. Ingresso: R$ 5 a R$ 17. Menores de 12 anos: grátis.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais