Descrição de chapéu Crítica
Criança

'O Pequeno Príncipe' ganha boa adaptação com técnica japonesa de teatro de bonecos

Montagem de clássico da literatura representa o protagonista de diferentes formas

São Paulo

O Pequeno Príncipe

  • Quando Sáb. e dom.: 16h. Até 31/5
  • Onde Teatro Folha - Av. Higienópolis, 618, terraço, Higienópolis
  • Preço Ingr.: R$ 50

Na adaptação de “O Pequeno Príncipe” assinada por Ian Soffredini, que também dirige o espetáculo, as perguntas de uma criança criticam o autoritarismo, a ganância e o trabalho mecânico dos adultos.

O enredo baseia-se na novela de Antoine Saint-Exupéry (1900-1944) em que o o príncipe mais famoso da literatura sai de seu planeta para conhecer o Universo.

Encontra um rei mandão que se contradiz a cada ordem, um homem de negócios que não sabe por que faz tantas contas e um palhaço vaidoso em busca de aplausos.

A cenografia (Sidnei Caria) compõe um jogo inteligente de três planos, marcando as passagens em que o protagonista muda de tamanho. Os bonecos têm movimentos sem erros e os astros navegam com suavidade.

O Príncipe é um fantoche movido por três atores, na técnica bunraku, do teatro japonês; e aparece em dimensão menor ao flutuar com pássaros e naves. Ele aterrissa em nosso planeta como humano (Nathalia Kwast) para descobrir a amizade e cativar a raposa.

Teatro Folha - Av. Higienópolis, 618, terraço, Higienópolis, tel. 3823-2323. Sáb. e dom.: 16h. Até 31/5. Ingr.: R$ 50 p/ teatrofolha.showare.com.br. Indicação da crítica: a partir de quatro anos.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais