Descrição de chapéu cinema
Criança

Os Incríveis retornam aos cinemas após 14 anos

Animação do diretor americano Brad Bird estreia em 226 salas

Nathalia Durval
São Paulo

Lançado em 2004, “Os Incríveis” acompanha uma família de super-heróis que se divide entre a vida comum e batalhas contra vilões.

Sucesso de bilheteria com US$ 633 milhões arrecadados no mundo (R$ 2,38 bi), o longa ganhou o Oscar de melhor animação e o de melhor edição de som.

Após 14 anos, o filme da Disney ganha sequência nos cinemas, novamente dirigida pelo americano Brad Bird (de “Ratatouille”, 2007).

“Os Incríveis 2” continua do ponto em que terminou o primeiro longa e mostra a luta dos personagens para reverter uma lei que proíbe a atuação de super-heróis.

Enquanto a Mulher-Elástica é convocada por dois irmãos ricos para uma missão, o Sr. Incrível precisa ficar em casa cuidando dos filhos —o bebê Zezé, o inquieto Flecha e a adolescente Violeta.

 

Uma família da pesada
Filme estreia em 226 salas

Bola cheia
Nos EUA, o longa bateu o recorde de arrecadação para uma animação no fim de semana de estreia com US$ 182 milhões (R$ 685,4 mi), ultrapassando os US$ 135 milhões (R$ 508,4 mi) de "Procurando Dory" (2016), antigo recordista

Saia de fininho
A versão dublada tem as vozes do jornalista Evaristo Costa, dos atores Flávia Alessandra e Otaviano Costa e de Raul Gil —com direito a piada do banquinho

Mais um, mais um
Na onda das sequências, a Disney tem entre seus próximos lançamentos “Detona Ralph 2” (novembro), “Toy Story 4” e “Frozen 2”, ambos previstos para 2019

Leia a crítica
Veja salas e horários

 

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais