Descrição de chapéu Cinema
Cinema

'Morbius', com Jared Leto vampiro, finalmente estreia nos cinemas após adiamentos

Semana tem ainda novo filme de Kiyoshi Kurosawa e documentário sobre o Palmeiras

São Paulo

Depois de Robert Pattinson sair de vampiro brilhoso para encarnar o super-herói de "Batman", chegou a vez de Jared Leto fazer o caminho inverso —ele deixou o Coringa para tentar a sorte como o vampirão da Marvel em "Morbius".

O filme foi adiado diversas vezes e chega enfim às telonas nesta quinta, dia 31, com a história de um cientista que tenta se curar usando um DNA de morcego, mas acaba se tornando um ser sobrenatural sedento por sangue.

cena de filme
Jared Leto em cartaz do filme 'Morbius' - Divulgação

Assim como "O Cavaleiro da Lua", cuja série chega ao streaming agora, Michael Morbius não é dos personagens mais conhecidos da Marvel, marcando uma tentativa do estúdio de fazer um filme mais sombrio, que flerta com elementos de terror.

Outra estreia da semana é "Alemão 2", filme brasileiro que deve muito à Hollywood. Continuação do longa de 2014 promete muita ação dentro da favela no Rio de Janeiro, na qual uma operação secreta pretende prender um traficante.

Outro filme em que a vida dos personagens estão em risco é "A Mulher de um Espião", do celebrado diretor japonês Kiyoshi Kurosawa. Sem qualquer parentesco com o outro Kurosawa —o Akira, de "Rashomon" e "Os Sete Samurais"—, o diretor impressiona pela versatilidade e pela produção extensa. Desta vez, ele faz um thriller romântico e acompanha um espião japonês às vésperas da Segunda Guerra Mundial e sua mulher, que se veem enroscados em uma grande intriga política.

A semana também tem "Pajeú" —novo filmes de Pedro Diógenes, que mistura ficção e documentário, numa trama que reflete a trajetória do riacho em Fortaleza—, além de dois documentários nacionais na semana em que o É Tudo Verdade também começa a sua programação. São eles "O Presidente Improvável", sobre Fernando Henrique Cardoso, e "1999 - A Conquista da América", sobre o Palmeiras e sua trajetória na Copa Libertadores.

Confira abaixo essas e outras estreias da semana.

1999 - A Conquista da América
O documentário é feito sob medida para os torcedores do Palmeiras e apresenta a participação do clube na Copa Libertadores de 1999, vencida pela primeira vez pelo clube. O filme entrevista Cafu, Dudu, Ademir da Guia, Felipão e outros nomes.
Brasil, 2022. Direção: Marcela Coelho, Mauro Beting e Ricardo Aidar. 10 anos


Alemão 2
À moda do tiroteiro dos filmes de ação americanos, este dá sequência ao longa de 2014 e acompanha um grupo de policiais que vai realizar uma operação secreta no Alemão, no Rio de Janeiro. Mas eles percebem que tudo deu errado quando, tentando prender um traficante, percebem que entraram numa emboscada e agora devem tentar escapar do lugar com vida.
Brasil, 2017. Direção: José Eduardo Belmonte. Com: Vladimir Brichta, Gabriel Leone, Leandra Leal. 16 anos


Epa! Cadê o Noé? 2
A animação também é uma sequência e dá continuidade à animação europeia de 2015. Ao contrário da história bíblica, aqui vemos a Arca de Noé sem um capitão, mas recheada de animais de todas as espécies. Mas uma duplinha de animais diferentes, entre eles um chamado "nestrian", acaba caindo da embarcação e vai parar numa terra repleta desses seres estranhos.
Alemanha, Irlanda, Luxemburgo, 2020. Direção: Toby Genkel e Sean Mccormack. Livre


Matéina: A Erva Perdida
O filme imagina um Uruguai em 2045, quando a erva-mate passa a ser proibida. Dois comerciantes ilegais vão tentar contrabandear o produto do Paraguai para, com isso, resgatar e, literalmente, alimentar a identidade do seu povo.
Argentina, Brasil, Uruguai, 2018. Direção: Joaquín Peñagaricano e Pablo Abdala Richero. Com: César Troncoso, Diego Licio, Frederico Silveira. 14 anos


Morbius
O novo filme da Marvel chega às telas, enfim, após diversos adiamentos. Jared Leto —antes o Coringa na DC, agora o vampiro não tão conhecido da concorrência— vive Michael Morbius, que tem uma doença no sangue. A transformação se dá quando ele, um biomédico, tenta se curar usando um composto a partir do DNA de morcegos, o que faz com que ele adquira os hábitos desses mamíferos e vire um sugador de sangue —humano, é claro.
EUA, 2022. Direção: Daniel Espinosa. Com: Jared Leto, Matt Smith, Adria Arjona. 14 anos
Leia a crítica.


A Mulher de um Espião
Kiyoshi Kurosawa faz parte do panteão de diretores japoneses prolíficos. Do terror ao melodrama, ele tem obra vasta e aposta agora num thriller romântico às vésperas da Segunda Guerra Mundial, em que um espião japonês corre grave perigo, assim como sua mulher. O filme foi premiado por seu roteiro no Festival de Veneza e tem contribuição de Ryusuke Hamaguchi, que ganhou o Oscar por "Drive My Car".
Japão, 2020. Direção: Kiyoshi Kurosawa. Elenco: Yu Aoi, Issey Takahashi, Ryota Bando. 14 anos


Pajeú
Os filmes da produtora independente Alumbramento não são unanimidade, mas fazem parte de um grupo relevante de cineastas jovens ligados ao cinema experimental. O novo filme de Pedro Diógenes não é diferente. Entre o documentário e a ficção, ele retrata uma mulher atormentada por um sonho de uma criatura que emerge das águas do riacho Pajeú, em Fortaleza. E, enquanto ela se aprofunda na história, memória e desaparecimento vão se fundindo.
Brasil, 2020. Direção: Pedro Diógenes. Com: Fátima Muniz, Yuri Yamamoto. 14 anos


O Presidente Improvável
Fernando Henrique Cardoso é o personagem dissecado neste documentário, do mesmo diretor de "Menino 23" e "Soldados do Araguaia". Num painel que traz vozes de outras personalidades e amigos, o ex-presidente, que completa 91 anos em junho, tem sua trajetória contada desde a juventude, passando por sua formação como sociólogo e chegando aos dois mandatos em Brasília.
Brasil, 2022. Direção: Belisário Franca. 10 anos

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais