Descrição de chapéu cinema
Cinema

Filme 'Baronesa' mostra mulheres de periferia de BH

Primeiro longa da mineira Juliana Antunes é protagonizado por atrizes não profissionais

Cena do filme Baronesa
Andreia Pereira de Sousa em “Baronesa”  - Divulgação
Úrsula Passos
São Paulo

O longa “Baronesa”, primeiro da mineira Juliana Antunes, é protagonizado por atrizes não profissionais, moradoras da periferia de Belo Horizonte. Para criar a história, a diretora partiu de pesquisa em bairros com nomes de mulheres às margens da capital mineira.


Na trama, duas amigas da Vila Mariquinhas, Andreia e Leidiane, conversam sobre assuntos como compras para a casa, masturbação feminina e como entrar com drogas no presídio. Tomam cerveja e se refrescam numa caixa d’água. Até que, insatisfeita com conflitos na região, uma delas resolve partir para outro bairro, o Baronesa. 


Feito por uma equipe de filmagem feminina e montado por Affonso Uchôa, de “Arábia” —do qual Antunes foi assistente de direção—, o longa mostra mulheres fortes. 

Leia a crítica do filme.
Veja salas e horários de exibição. 

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais