Descrição de chapéu Cinema
Cinema

Sessões com vencedores do Oscar e mostra sobre misantropia são atrações fora do circuito

Confira títulos exibidos em salas especiais de São Paulo

São Paulo

Casablanca
O clássico de 1942, estrelado por Humphrey Bogart e Ingrid Bergman, ganha sessão gratuita na quarta (30). Para aproveitar a proximidade do Oscar, o Spcine Roberto Santos exibe outros três vencedores da estatueta: "O Silêncio dos Inocentes" (1991), "Kramer vs. Kramer" (1979) e "Um Estranho no Ninho" (1976).
Sala e horários

Os atores Humphrey Bogart e Ingrid Bergman em cena do filme "Casablanca" (1942), de Michael Curtiz
Os atores Humphrey Bogart e Ingrid Bergman em cena do filme "Casablanca" (1942), de Michael Curtiz - Divulgação

Cinema e Misantropia
O Cinusp inaugura a programação de 2019 chocando o público. Na mostra Cinema e Misantropia, que discute a aversão à natureza humana e a outras pessoas, alguns filmes que marcaram época com cenas gráficas de violência ganham projeção. É o caso de “Laranja Mecânica” (1971), de Stanley Kubrick, e do sádico “Salò, ou os 120 Dias de Sodoma” (1975), de Pier Paolo Pasolini. Mas títulos não tão pesados também estão na agenda, como o argentino “Relatos Selvagens” (2014), de Damián Szifron, e “Taxi Driver” (1976), de Martin Scorsese. Gratuita, a mostra acontece entre esta segunda (28) e 24/2 e abre com o polonês “Não Matarás” (1988), de Krzysztof Kieslowski, e com o austríaco “Violência Gratuita” (1997), de Michael Haneke. Ao todo, 15 filmes são exibidos em cópia digital.
Salas e horários


EntreVilas
O Museu da Imigração promove exibição seguida de debate deste webdocumentário do Coletivo Crua, que mostra o cotidiano das vilas e as lutas operárias que ocorreram em São Paulo durante o período de industrialização.
Sala e horário


Fevereiros
A Folha realiza, na segunda (28), pré-estreia gratuita do documentário de Marcio Debellian sobre a cantora baiana Maria Bethânia. O filme a acompanha durante o desfile da escola de samba carioca Estação Primeira de Mangueira, que a homenageou e venceu o Carnaval de 2016. Após a sessão, que acontece no Espaço Itaú Frei Caneca, há debate com o diretor, com o músico José Miguel Wisnik e com o historiador Luiz Antônio Simas. A mediação é da jornalista da Folha Teté Ribeiro.
Sala e horário

Cena do filme 'Fevereiros' (2017), de Márcio Debellian
Cena do filme 'Fevereiros' (2017), de Márcio Debellian - Divulgação

Pixote: A Lei do Mais Fraco 
O Matilha Cultural apresenta sessão, em cópia restaurada, deste longa dirigido por Héctor Babenco. A trama acompanha um garoto de 11 anos que foge de um reformatório e vai morar nas ruas. Ali, convive com traficantes, assassinos e cafetões.
Sala e horários

Os atores Fernando Ramos e Marília Pera em cena do filme "Pixote", do cineasta Hector Babenco
Os atores Fernando Ramos e Marília Pera em cena do filme "Pixote", do cineasta Hector Babenco - Divulgação

Tudo que Aprendemos Juntos
O longa narra a história de um violinista que, após ser reprovado no teste para a Osesp, decide dar aulas em uma favela. A exibição integra a programação da mostra SP 465 - Quem É Nóis, que traça um panorama de quem ocupa a cidade de São Paulo.
Sala e horário

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais