Fique em casa: novo de Polanski e outros 13 filmes chegam ao streaming

'O Oficial e o Espião' e dois títulos que disputaram a vaga ao Oscar de filme internacional estão entre as novidades

São Paulo

Cinéfilos mais aflitos com o isolamento social podem pôr a agenda em dia, mesmo na falta de lançamentos de filmes na tela grande.

Títulos que acabavam de estrear nos cinemas de São Paulo, como “O Oficial e o Espião”, de Roman Polanski, e “Bloodshot”, novo filme de ação com Vin Diesel, estão disponíveis nas plataformas sob demanda.

Outros filmes que tentaram a vaga ao Oscar de filme internacional também já estão disponíveis no streaming. É o caso do marroquino "Adam" (2019), de Maryam Touzani, e o russo "Uma Mulher Alta" (2019), de Kantemir Balagov, longas que disputaram a vaga na Academia com "A Vida Invisível".

Para completar, o Belas Artes à la Carte disponibiliza, gratuitamente até 15 de abril, “Boneca Inflável’, filme de 2009 de Hirokazu Kore-eda, o mesmo do premiado “Assunto de Família”.

Confira os lançamentos.

Adam
Idem. Marrocos/França/Bélgica, 2019. Direção: Maryam Touzani. Com: Daoua Belkhaouda, Loubna Azabal e Nessrine Erradi. 98 minutos. 12 anos.
Uma viúva que cria sua filha vendendo pães e doces é surpreendida pela chegada de uma jovem grávida, que lhe pede abrigo. Pobre, ela baixa mais seu padrão de vida e recorre ao pragmatismo para ajudar a forasteira. O filme foi a aposta do Marrocos para disputar uma vaga na categoria de filme internacional do Oscar 2020.
Disponível no Now e Vivo Play (R$ 14,90, para locação).

Adoráveis Mulheres
Little Women. EUA, 2019. Direção: Greta Gerwig. Com: Emma Watson, Laura Dern, Timothée Chalamet e outros. 120 minutos.10 anos.
Quatro irmãs crescem juntas, criadas pela mãe, enquanto o pai luta na Guerra Civil dos Estados Unidos. À sua maneira, cada uma delas amadurece e lida com a condição feminina na sociedade da época. Adaptação do livro "Mulherzinhas", de Louisa May Alcott. Vencedor do Oscar de melhor figurino.
Disponível no Google Play e YouTube (R$ 29,90, para compra); Now (R$ 18,90, para locação); Looke (R$ 16,99, para locação); e Apple TV (R$ 18,90, para locação, e R$ 44,90, para compra).

Barrabás
Varavva. Rússia, 2019. Direção: Direção: Evegeniy Emelin. Com: Pavel Kraynov, Regina Khakimova e Zalim Morzoev. 117 minutos.
No longa, a história de Jesus Cristo de Nazaré é contada pela perspectiva de Barrabás, um bandido condenado na mesma época que ele, mas que consegue escapar da crucificação.
Disponível no Google Play (R$ 19,90, para locação); Now (R$ 14,90, para locação); Vivo Play (R$ 11,90, para locação); Apple TV (R$ 14,90, para locação); e Looke (R$ 9,99, para locação).

Bloodshot
Idem. EUA, 2020. Direção: Dave Wilson. Com: Vin Diesel, Sam Heughan e Eiza González. 110 minutos. 14 anos.
Um soldado que morreu e foi trazido de volta à vida tem sua memória apagada e suas habilidades aperfeiçoadas, transformando-se em um assassino perfeito. Porém, quando descobre sobre seu passado, ele passa a perseguir aqueles que o utilizaram como cobaia em um experimento.
Disponível no Google Play (R$ 29,90, para compra); YouTube (R$ 44,90, para compra); e Apple TV (R$ 54,90, para compra).

Boneca Inflável
Kûki Ningyô. Japão, 2009. Direção: Hirokazu Kore-eda. Com: Arata, Doona Bae e Itsuji Itao. 125 minutos.
Um homem solitário de meia idade usa uma boneca hiper-realista (Bae Doona) como companhia. Um dia, quando não há ninguém em casa, a boneca ganha vida e sai para explorar o mundo, mas precisa tomar cuidado para não revelar sua verdadeira identidade.
Disponível no Belas à La Carte (assinatura mensal: R$ 10,90. Grátis até 15/4).

O Estranho que Nós Amamos
The Beguiled. EUA, 2017. Direção: Sofia Coppola. Com: Nicole Kidman, Kirsten Dunst e Colin Farrell. 93 minutos. 14 anos.
Baseado no romance homônimo de Thomas Cullinan, o filme é uma refilmagem do longa de 1971, estrelado por Clint Eastwood. Narra a história de um soldado ferido durante a Guerra Civil americana que é encontrado por uma jovem. Ela o leva para o internato de mulheres onde vive, e a presença do homem gera tensão entre as moradoras. Com o longa, Sofia Coppola ganhou o prêmio de melhor direção no Festival de Cannes de 2017.
Disponível no Google Play (R$ 24,90, para compra); Apple TV (R$ 24,90, para compra); Looke (R$ 58,99, para compra; e Netflix (assinatura mensal: de R$ 21,90 a R$ 45,90. Gratuito por 30 dias).

Fúria em Jogo
Freedom's Fury. EUA, 2006. Direção: Colin K. Gray. Com: Mark Spitz, Viktor Ageyev, Antal Bolvári e János Bük. 90 minutos.
O documentário retrata a violenta semifinal olímpica de 1956, em que as seleções de polo aquático da Hungria e da antiga antiga União Soviética disputaram não somente o placar esportivo, mas as suas diferenças políticas e ideológicas.
Disponível no Belas à La Carte (Assinatura mensal: R$ 10,90. Grátis até 15/4).

Martin Eden
Idem. Itália/França, 2019. Direção: Pietro Marcello. Com: Luca Marinelli, Jessica Cressy e Vincenzo Nemolato. 129 minutos.14 anos.
Um marinheiro que sonha em se tornar escritor se apaixona por uma menina burguesa. Quando se aproxima das ideias socialistas, ele se vê em conflito entre suas crenças sociais e a vida que leva ao lado da amada. Adaptação de romance homônimo do escritor americano Jack London. Vencedor do prêmio de melhor ator no Festival de Veneza (Marinelli).
Disponível no Filme Filme (filmefilme.com.br), por R$ 6, para locação.

Nóis por Nóis
Idem. Brasil, 2017. Direção: Aly Muritiba e Jandir Santin. Com: Ma Ry, Maicon Douglas e Otávio Linhares. 103 minutos. 16 anos.
Quatro amigos que moram em um bairro periférico vão a um baile de rap com diferentes intenções. Porém, a noite toma um rumo imprevisível, levando a acontecimentos que unem definitivamente os destinos de suas vidas.
Disponível no Now (R$ 14,90, para locação).

O Oficial e o Espião
J'accuse. França/Itália, 2019. Direção: Roman Polanski. Com: Jean Dujardin, Louis Garrel e Emmanuelle Seigner. 132 minutos.14 anos.
O longa é inspirado em fatos reais e conta a história de Alfred Dreyfus, judeu e capitão do Exército francês. Em 1884, ele foi sentenciado ao exílio, acusado de traição por supostamente ter divulgar segredos militares à Alemanha, com a qual seu país estava em guerra. Vencedor do grande prêmio do júri no Festival de Veneza e do César de melhor diretor (Polanski), figurino e adaptação. Do mesmo diretor de "O Pianista" (2003), o filme é baseado em livro homônimo do escritor Robert Harris.
Disponível no Google Play e YouTube (R$19,90, para compra); Now (R$14,90, para locação); Vivo Play (R$11,90, para locação); e Apple TV (R$29,90, para venda e R$14,90, para locação).

De Quem É o Sutiã?
The Bra. Alemanha, 2018. Direção: Veit Helmer. Com: Miki Manojlovic, Paz Vega e Chulpan Khamatova. 90 minutos. 12 anos.
Um maquinista prestes a se aposentar faz com que o trem esbarre em um varal, derrubando um sutiã azul. Ele, então, sai em uma jornada para encontrar a dona da peça. Exibido na 43ª Mostra Internacional de Cinema.
Disponível no Now (R$ 14,90, para locação); Vivo Play (R$ 11,90, para locação); e Looke (R$ 9,99, para locação e R$ 29,99 para compra).

Quem Me Ama Me Segue!
Qui M'aime me Suive! França, 2018. Direção: José Alcala. Com: Bernard Le Coc, Catherine Frot e Daniel Auteil. 90 minutos. 12 anos.
Um casal de aposentados leva uma vida pacata até que a mulher decide abandonar o marido por causa de suas reclamações constantes. Ele, então, faz tudo o que está em seu alcance para reconquistá-la.
Disponível no Google Play e YouTube (R$ 19,90 para compra); Vivo Play (R$ 11,90, para locação); Now (R$ 14,90, para locação); e Looke (R$ 9,99, para locação e R$ 29, para compra).

Uma Mulher Alta
Dylda. Rússia, 2019. Direção: Kantemir Balagov. Com: Viktoria Miroshnichenko, Vasilisa Perelygina e Andrey Bykov. 137 minutos. 16 anos.
Vivendo em Leningrado, na Rússia, duas mulheres tentam reconstruir suas vidas em meio à destruição causada pelos combates da Segunda Guerra Mundial. Inspirado no livro "A Guerra Não Tem Rosto de Mulher", da escritora vencedora do Nobel Svetlana Aleksiévitch.
Disponível no Now (R$ 14,90, para locação).

Pássaros de Verão
Pájaros de Verano. Colômbia/Dinamarca/México/França, 2018. Direção: Cristina Gallego e Ciro Guerra. Com: Carmiña Martínez, José Acosta e Natalia Reyes. 125 minutos. 16 anos.
Entre as décadas de 1970 e 1980, o narcotráfico se consolidou na Colômbia e foi responsável pela entrada de milhares de dólares no país. Neste contexto, uma comunidade indígena se envolve no negócio sem prever as consequências desastrosas que ele trará.
Disponível no Vivo Play (R$ 11,90, para locação); e Looke (R$ 9,99, para locação e R$ 29,99, para compra).

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais