Passeios e eventos culturais celebram o Dia do Índio 

Veja passeios para curtir em uma reserva ambiental e em centros culturais

Sílvia Haidar
São Paulo

Para celebrar o Dia no Índio, comemorado nesta quinta (19), o Guia seleciona atrações que promovem a cultura e debatem a questão indígena. 

Veja passeios para curtir em uma reserva ambiental e em centros culturais.

 

Intercâmbio Cultural Índios do Xingu 
Nos fins de semana de abril e maio, a reserva ambiental Toca da Raposa recebe 50 indígenas do Alto Xingu (Mato Grosso) para promover debates com os visitantes. A programação inclui atividades para adultos e crianças como apresentação de danças e cantos, demonstração de arco e flexa, preparo de biju e de peixe e manipulação de urucum para pintura.  
Rodovia Régis Bittencourt, km 323, bairro das Senhorinhas, Juquitiba, SP. Tel.: 3813-8773/4681-2854. Sáb e dom.: 10 às 17h. Até 20/5. Ingresso: R$ 50 a R$ 65 p/ sympla.com.br. Estacionamento grátis.

Semana de Saberes Indígenas 
O Estúdio Mawaca promove palestras, oficinas, shows e contação de histórias com a temática indígena. No sábado (21), há oficina de grafismo karajá, minicurso de arte indígena e exibição do documentário “Ara Pyau - A Primavera Guarani” (2018), de Carlos Eduardo Magalhães.
Estúdio Mawaca - R. Inácio Borba, 483, Chácara Santo Antônio, região sul, tel. 5181-5099. Sáb. (21): 10h às 21h.  Livre. Ingresso: R$ 15 a R$ 60. Ingr. p/ estudiomawaca.com. 

Encontro Pelas Florestas
O evento reúne feira com produtos artesanais regionais, oficinas para crianças, contação de histórias indígenas e show do violeiro Paulo Freire, com músicas inspiradas em mitos brasileiros sobre a natureza.
Sala Crisantempo - teatro - R. Fidalga, 521, Pinheiros, região oeste, tel. 3819-2287. 100 lugares. Sáb. (21): 17h às 22h30. Livre. Ingresso (show): R$ 25. GRÁTIS  

Kuarup ou A Questão do Índio
O espetáculo encenado pela companhia Ballet Stagium estreou em 1977. A obra é considerada um marco da dança por apontar uma política cultural para o país, rompendo amarras e limites entre arte, educação e consciência histórica. A coreografia circulou por todo o território nacional, América Latina e Europa e aborda questões indígenas que retrocederam nas últimas décadas.
Centro Cultural Olido - Av. São João, 473, Centro,  tel. 3331-8399 e 3397-0171. Qui. (19) a sáb. (21): 20h. Dom. (22): 19h.  60 min. Livre. Retirar ingresso com uma hora de antecedência. GRÁTIS. 

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais