'Venom', 'Juliet, Nua e Crua' e mais seis filmes chegam às salas de cinema nesta quinta

Leia as críticas e assista aos trailers dos longas que estreiam

São Paulo

O Futuro Adiante
El Futuro que Viene. Argentina, 2017. Direção: Constanza Novick. Com: Pilar Gamboa, Dolores Fonzi e José Maria Yazpik. 85 min. 12 anos.
O drama narra a história de amizade entre Romina e Florencia. Da infância até se tornarem adultas, as duas viveram diferentes etapas da vida juntas.
Confira a crítica do filme. 
Veja as salas e horários de exibição. 

 

Os Invisíveis
The Invisibles. Alemanha, 2017. Direção: Claus Räfle. Com: Aaron Altaras, Alice Dwyer, Max Mauff e Ruby O. Fee. 110 min. 14 anos.
Baseado em fatos reais, o longa se passa em Berlim durante a Segunda Guerra, quando os nazistas perseguiam os judeus. Na trama, quatro jovens conseguem sobreviver à repressão se tornando invisíveis ao regime.
Confira a crítica do filme. 
Veja as salas e horários de exibição. ​

 

Juliet, Nua e Crua
Juliet, Naked. EUA/Reino Unido, 2018. Direção: Jesse Peretz. Com: Rose Byrne, Ethan Hawke e Chris O’Dowd. 105 min. 12 anos.
Baseado no romance homônimo de Nick Hornby, “Juliet, Nua e Crua”, de Jesse Peretz, é um drama que intercala a história de três personagens: Annie (Rose Byrne) que vive uma crise no relacionamento com o namorado Duncan (Chris O’Dowd), obcecado pelo astro do rock Tucker Crowe (Ethan Hawke), que abandonou a carreira há 20 anos. Quando Duncan posta na internet um texto crítico sobre o roqueiro, a namorada  o comenta refutando. É este fato banal que dá o gatilho para eles resolverem se separar. Nesse meio tempo Annie é surpreendida por um email enviado por Tucker Crowe em sua caixa de entrada. Os dois, então, começam a trocar mensagens e confidências até marcarem um encontro e começarem um romance.
Confira a crítica do filme. 
Veja as salas e horários de exibição. ​

 

Mare Nostrum
Brasil, 2018. Direção: Ricardo Elias. Com: Silvio Guindane, Ricardo Oshiro e Ailton Graça. 101 min. Livre.
Na trama, Roberto e Matsuo voltam para o Brasil sem dinheiro depois de passarem uma temporada no exterior. Suas vidas se cruzam por causa de um terreno negociado por seus pais no passado.
Confira a crítica do filme. 
Veja as salas e horários de exibição. ​

 

Papillon
Idem. EUA, 2017. Direção: Michael Noer. Com: Charlie Hunnam, Rami Malek e Eve Hewson. 133 min. 16 anos.
Inspirado na autobiografia homônima escrita por Henri Carrière em 1969, “Papillon”, de Michael Noer, é o remake do filme dirigido por Franklin J. Schaffner em 1973 e estrelado por Steve McQueen e Dustin Hoffman. Na trama, que se passa na França, Henri (Charlie Hunnam), conhecido como Papillon por ter tatuada no peito uma grande borboleta, é condenado à prisão perpétua por um crime que não cometeu. 
Quando é enviado para um presídio na Guiana Francesa conhece Louis (Rami Malek no papel que foi de Hoffman), falsificador de documentos e com quem faz um acordo. Henri propõem proteger o amigo em troca de dinheiro, que ele pretende usar para colocar em prática um plano de fuga. 
Confira a crítica do filme. 
Veja as salas e horários de exibição. ​

 

Ponto Cego
Blindspotting. EUA, 2018. Direção: Carlos López Estrada. Com: Daveed Diggs, Rafael Casal e Janina Gavankar. 96 min. 14 anos.
Selecionado para o Festival de Sundance, o longa narra a história de homem que está em liberdade condicional até o juiz decidir o seu destino. Durante este período ele vê um policial matando outro homem e seu melhor amigo se envolvendo em crimes.
Veja as salas e horários de exibição. ​

 

Venom
Idem. EUA, 2018. Direção: Ruben Fleischer. Com: Tom Hardy, Michelle Williams e Woody Harrelson. 112 min. 14 anos.
Baseado no personagem homônimo da Marvel, narra a história de um jornalista que, ao investigar um cientista suspeito de usar humanos como cobaias em experimentos, acaba sendo contaminado e se torna um simbionte alienígena.
Confira a crítica do filme. 
Veja as salas e horários de exibição. ​

 

Verão em Rildas
Brasil, 2018. Direção: Daniel Caetano. Com: Alice Gorman, Dayane Benício e João Ribeiro. 70 min. 16 anos.
No filme, um grupo de estudantes resolve fazer um festival de artes, até que uma performance do evento tem uma repercussão equivocada nas redes sociais e a vida deles é atingida diretamente.
Veja as salas e horários de exibição. ​

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais