Vida de dom Paulo Evaristo Arns é tema de exposição

Luta política e social do cardeal é relembrada em mostra multimídia

Dom Paulo Evaristo Arns jovem ao lado de mesa com flores
Dom Paulo Evaristo Arns em foto de 1939 - Marcel Uyeta/Divulgação
Ana Luísa Moraes
São Paulo

Conhecido como bispo dos oprimidos, dom Paulo Evaristo Arns (1921-2016) ganha mostra a partir de sábado (21), no Centro Cultural dos Correios. “Dom Paulo Evaristo Arns: 95 Anos” percorre a trajetória do cardeal, destacando sua atuação social e a luta contra a tortura praticada durante a ditadura. 

Com foco no público jovem, a exposição é interativa. Na sessão “Lembrar É Resistir”, por exemplo, o público é conduzido por celas que reproduzem um centro de tortura. A exibição aborda questões que permanecem atuais tendo como fio condutor a figura de dom Paulo. 

 

Corintiano Roxo
Uma reprodução do campo do time representa uma das paixões de dom Paulo.

História na Sé
A Catedral da Sé, onde o corpo do cardeal foi velado, também ganhará uma reprodução de 400 m².

Direitos Humanos
Em vídeo, os 30 artigos da Declaração Universal serão lidos por 30 pessoas de origens diferentes.

Centro Cultural Correios de São Paulo - mezanino - Pça. do Correio, s/ nº, Centro, tel. 2102-3694. Ter. a sex.: 11h às 17h. Até 23/9. Livre. GRÁTIS  

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais