Espaço dedicado à cultura Geek oferece cerveja, hambúrguer e locação de jogos de tabuleiro

Neste domingo (9), a casa, em São Paulo, promove workshop que ensina a resolver o desafio do cubo mágico

Isabel Teles
São Paulo

Os fãs de super-heróis, fliperama e jogos de tabuleiro ganharam uma casa para chamar de sua. Recém-inaugurado na região de Moema, o Coletivo Geek abriga bar, foodtruck e cinco lojas dedicadas à cultura pop, com itens que vão desde HQs a camisetas de diferentes personagens, além de obras em pop art.

Artigos colecionáveis à parte, o coletivo, que ocupa cinco andares, promove cursos e tem espaço dedicado a jogos de tabuleiro, com centenas de opções, também disponíveis para aluguel. 

No subsolo do Coletivo Geek, a Encounter BoardGames oferece monitores para sugerir jogos e coordenar as partidas que ocorrem no local. Em uma campanha de RPG com duração de 4 horas, cada participante deve desembolsar R$ 35.

Para levar um jogo para casa, o preço varia de R$ 20 a R$ 100. O Dixit, passatempo em que é preciso usar a imaginação para descrever desenhos de cartas para os oponentes, é um dos mais populares para a locação, que sai por R$ 40.​

Para a alegria dos nerds, as partidas podem ser curtidas com chopes artesanais da cervejaria sorocabana  Burgman (R$ 12 a R$ 15) e refrigerantes importados. Para saciar a fome, há hambúrgueres servidos pelo Butcher’s Truck, que custam por volta de R$ 30. 

Além dos jogos de tabuleiro, o Coletivo tem um andar dedicado a videogames antigos e fliperama, que podem ser jogados gratuitamente pelos visitantes.  O local também permite que os pets acompanhem os donos.

Entre as oficinas ali oferecidas, há uma marcada para este domingo (9). Nela, iniciantes aprendem os princípios básicos para resolver o desafio do cubo mágico. Para participar, acesse o site sympla.com.br —há duas opções de horários (15h ou 16h30) e a aula custa R$ 30.  

Al. dos Nhambiquaras, 2.013, Indianópolis, região sul, tel. 99808-2484. Ter. a qui.: 12h às 22h. Sex. e sáb.: 12h à 1h. Dom.: 13h30 às 20h30. Livre.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais