Descrição de chapéu música
Shows

Eventos da semana fazem encontro musical entre SP e RN e homenageiam produtor

Festival DoSol faz aquecimento em SP; Noites Bacaneza relembram trabalho de Miranda

Laura Lewer
São Paulo

Chegando a sua 15ª edição, o potiguar Festival DoSol promove um baile de debutantes que revela o seu tamanho: entre setembro e novembro, realiza cerca de 150 shows e ocupa casas do Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste com o objetivo de fortalecer a cena do Rio Grande do Norte e criar um intercâmbio entre artistas de mais de dez estados brasileiros. 

O evento retorna a São Paulo com programação que se estende até a quinta (13). Na lista, nomes como o da banda de pop rock Talma&Gadelha (RN), que fala sobre questões sociais em suas canções, o som de rock e blues de Androide sem Par (RN), Giovani Cidreira (BA), que toca seu álbum de indie e MPB “Japanese Food” (2017), e Ângela Castro e Buena Onda (RN), com sua mistura de dub, rock e afrobeat. A abertura oficial acontece no dia 21 de outubro, em Natal. 

“O festival é a cereja do bolo do trabalho que fazemos o ano inteiro”, diz Ana Morena Tavares, uma das criadoras do combo DoSol, que ainda mantém um estúdio, um selo, uma produtora de vídeos e um centro cultural.

 

Veja programação:

Sexta-feira (7)
Itaú Cultural
20h15: Ângela Castro e Buena Onda (RN)
21h15: Giovani Cidreira (BA)

Sábado (8)
Casa do Mancha
21h30: Androide sem Par (RN)
23h: Dusouto (RN)

Domingo (9)
Casa do Mancha
19h: Fetuttines (RN)
20h30: Rodrigo Alarcon (SP)

Quinta-feira (13)
Casa Natura Musical
20h30: Talma&Gadelha (RN) com Natália Noronha (Plutão Já Foi Planeta)
21h30: Scalene (DF)

Itaú Cultural - sala Itaú Cultural - Av. Paulista, 149, Bela Vista, região central, tel. 2168-1777. 224 lugares. Sex. (7): 20h. 150 min. 12 anos. Estac. a partir de R$ 7 (r. Leôncio de Carvalho, 108). GRÁTIS  a d i w
Casa do Mancha - R. Filipe de Alcaçova, 89, Pinheiros, região oeste, tel. 3796-7981. 100 pessoas. Sáb. (8): 21h. Dom. (9): 19h. 150 min. 12 anos. Ingr.: R$ 20.
Casa Natura Musical - R. Artur de Azevedo, 2.134, Pinheiros, região oeste, tel. 4003-6860. 710 lugares. Qui. (13): 21h30. 150 min. 12 anos. Valet a partir de R$ 25. Ingr.: R$ 60 a R$ 120. Ingr. p/ eventim.com.br.  

 

Raimundos, Skank, Mundo Livre S/A, O Rappa. Não é pequena a lista de artistas que passaram pelo crivo do produtor musical Carlos Eduardo Miranda, morto em março e espécie de Midas do cenário nacional que terá seu trabalho homenageado na série de shows Miranda Apresenta: Noites Bacaneza. 

Concebido pelos amigos responsáveis pela Construtora Música e Cultura e Meow, a primeira edição do projeto terá shows dos goianos do Boogarins, na quarta (12), e do paraense Jaloo com participação de Gaby Amarantos e MC Tha, na quinta (13). Em outubro, segue com a cantora Tulipa Ruiz. “A finalidade é manter o legado do Miranda e ajudar a família com o dinheiro arrecadado”, diz o produtor e amigo Fabrício Nobre. “Muitos artistas que trabalharam com ele nos procuraram querendo ajudar, então a intenção é que dure o máximo que conseguirmos.” 

CCSP - sala Adoniran Barbosa - R. Vergueiro, 1.000, Liberdade, região central, s/ tel. 622 lugares. Qua. (12) e qui. (13): 21h. 90 min. Livre. Ingr.: R$ 20. Ingr. p/ ingressorapido.com.br. 

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais