Descrição de chapéu música mpb
Shows

Icônico, compositor Paulo César Pinheiro celebra vida em shows; veja programação em SP

Letrista, um dos mais importantes do país, celebra 70 anos no Sesc Pompeia

São Paulo

A celebração dos 70 anos de vida do poeta e compositor Paulo César Pinheiro, que toma o Sesc Pompeia entre sexta (14) e domingo (16), ganha ainda mais ares de homenagem quando se olha para sua obra: com cerca de 1.400 composições e dez álbuns lançados no currículo, o letrista, um dos mais icônicos do Brasil, já foi gravado por nomes como Elis Regina, Clara Nunes e Maria Bethânia.
Nos três shows, Pinheiro ganha a companhia de nomes como Dori Caymmi (sexta), Lenine e Mônica Salmaso (sábado) e Amélia Rabello (domingo), além de declamar poemas e contar histórias. As noites terminam com sessões de autógrafos de “Poemúsica” e “Figuraças”, seus livros mais recentes. 

Sesc Pompeia - teatro - R. Clélia, 93, Água Branca, tel. 3871-7700. 774 lugares. Sex. (14) e sáb. (15): 21h. Dom. (16): 18h. 90 min. 12 anos. Ingressos esgotados p/ sáb. (15). R$ 15 a R$ 50 p/ sescsp.org.br.  

Alice Caymmi
A cantora carioca lança seu quarto álbum, “Electra”, gravado em dois dias. Acompanhada apenas pelo pianista Itamar Assiere, a artista se volta a composições que vão de Tom Zé, em “Mãe (Mãe Solteira)” a Letuce, com “Areia Fina”.
CCSP - sala Adoniran Barbosa - R. Vergueiro, 1.000, Liberdade, região central, tel. 3397-4002. 300 lugares. Ter. (18) e qua. (19): 21h. 90 min. Livre. Ingr.: R$ 25. Ingr. p/ ingressorapido.com.br.  

Amar e Mudar as Coisas
As artistas Karina Buhr, Marisa Orth e Taciana Barros se unem para interpretar canções de Belchior (1946-2017), como “Como Nossos Pais” e “Velha Roupa Colorida”. Acompanhando o projeto, a poeta Natália Barros ainda recita poesias e lê trechos de “Belchior - Apenas um Rapaz Latino-Americano”, de Jotabê Medeiros, ao longo da noite.
Bona - R. Álvaro Anes, 43, Pinheiros, região oeste, tel. 3812-8400. 100 lugares. Seg. (17): 20h30. 120 min. Livre. Ingr.: R$ 40. Ingr. p/ sympla.com.br.

BaianaSystem
No ano em que completa dez anos, o grupo baiano lança o terceiro disco, “O Futuro Não Demora”, que coleciona participações como Manu Chao e Edgar. Influenciada pelos sound systems jamaicanos, a banda mostra elementos de ritmos afro-latinos.
Audio - Av. Francisco Matarazzo, 694, Água Branca, região oeste, tel. 3862-8279. 3.000 pessoas. Sex. 
(14): 22h. 90 min. 18 anos. Ingr.: R$ 120. Ingr. p/ ticket360.com.br.  

Russo Passapusso, vocalista da banda BaianaSystem
Russo Passapusso, vocalista da banda BaianaSystem - BaianaSystem/Reprodução/Facebook

Bárbara Eugenia
A cantora e compositora faz show do disco “Tuda”, lançado este ano com inspiração nas pistas de dança, histórias de amor e a vida na cidade grande. O quarto álbum da carioca passeia pelas batidas eletrônicas, música disco e tecnopop em canções que têm parcerias como Zeca Baleiro, Iara Rennó e o Bloco Pagu.
CCSP - sala Adoniran Barbosa - R. Vergueiro, 1.000, Liberdade, região central, tel. 3397-4002. 622 lugares. Dom. (16): 18h. 90 min. Livre. Ingr.: R$ 25. Ingr. p/ ingressorapido.com.br.  

Bocato
O trombonista que já tocou ao lado de nomes como Elis Regina e Ney Matogrosso apresenta seu tributo ao compositor e saxofonista americano Wayne Shorter, resultado de um disco lançado em 2017. Entre as canções rearranjadas por Bocato, aparecem “Beauty and the Beast” e “Ana Maria”.
Sesc Avenida Paulista - praça - Av. Paulista, 119, Bela Vista, tel. 3170-0800. Sex. (14): 20h30. 60 min. 18 anos. Ingr.:R$ 9 a R$ 30. Ingr. p/ sescsp.org.br.  

Choronas
Com 25 anos de carreira, o grupo formado por Ana Claudia César, Maicira Trevisan, Paola Pichersky e Miriam Capua faz show gratuito no qual mostra suas referências de choro, baião, maxixe e samba.
Praça das Artes - sala do conservatório - Av. São João, 281, Centro, 200 lugares. Sáb. (15): 20h. 90 min. Livre. Retirar ingresso com antecedência de 1h. GRÁTIS  

A banda Dead Fish
A banda Dead Fish - Marcelo Marafante/Divulgação

Dead Fish e Braza
O grupo capixaba de hardcore estreia o recém-lançado disco, “Ponto Cego”, mixado pelo baterista da banda americana Descendents, Bill Stevenson, e ainda revisita canções de seus mais de 20 anos de carreira. Os cariocas do Braza abrem a noite.
Audio - Av. Francisco Matarazzo, 694, Água Branca, região oeste, tel. 3862-8279. 3.000 pessoas. Sáb. (15):
 22h. 90 min. 18 anos. Ingr.: R$ 120 a R$ 140. Ingr. p/ ticket360.com.br.  

Filipe Catto
Expoente da nova MPB, o cantor e compositor gaúcho apresenta o show especial, em formato voz e violão, que passa por músicas de sua trajetória, como “Saga”, “Adoração” e “Depois de Amanhã”.
Bona - R. Álvaro Anes, 43, Pinheiros, região oeste, tel. 3812-8400. 100 lugares. Qui. (20): 20h30. 120 min. Livre. Ingr.: R$ 45. Ingr. p/ sympla.com.br.

Luedji Luna
A cantora baiana que transita entre o universo das músicas brasileira e africana apresenta faixas de “Um Corpo no Mundo” (2017) e versões repaginadas pelo DJ Nyack, presentes no EP “Mundo (Remix)”.
Mundo Pensante - R. Treze de Maio, 830, Bela Vista, tel. 5082-2657. 420 lugares. Qui. (20): 21h. 90 min. 18 anos. Ingr.: R$ 20 a R$ 30. Ingr. p/ eventbrite.com.br.  

Nando Reis
O músico estreia a turnê baseada no CD que homenageia Roberto Carlos, “Não Sou Nenhum Roberto, Mas às Vezes Chego Perto” (2019). Ele combina releituras, como “De Tanto Amor”, a outras de sua própria carreira, caso de “Por Onde Andei”.
Credicard Hall - Av. das Nações Unidas, 17.955, Vila Almeida, tel. 4003-5588. 3.873 pessoas. Sex. (14) e sáb. (15): 22h. 120 min. 15 anos. Ingr.: R$ 90 a R$ 280. Ingr. p/ premier.ticketsforfun.com.br.  

Samuca e a Selva
Formada por dez músicos, a big band do ABC faz show de “Tudo o que Move É Sagrado” (2018), que homenageia a vida e a obra do compositor Ronaldo Bastos Ribeiro com clássicos como “Amor de Índio”. Eles também cantam autorais presentes em “Madurar” (2016), seu disco de estreia.
CCSP - sala Adoniran Barbosa - R. Vergueiro, 1.000, Liberdade, tel. 3397-4002. Qui. (20): 21h. 90 min. Livre. Ingr.: R$ 25 p/ ingressorapido.com.br.  

Vanessa da Mata
Nascida no Mato Grosso, a cantora toca seu sétimo disco de estúdio, “Quando Deixamos Nossos Beijos na Esquina” (2019), no qual também se aventurou como produtora musical. Além de canções novas, como a parceria com Baco Exu do Blues em “Tenha Dó de Mim”, revisita sucessos como “Amado” e “Ai Ai Ai”
Tom Brasil - R. Bragança Paulista, 1.281, Vila Cruzeiro, tel. 4003-1212. 1.992 lugares. Sáb. (15): 22h. 105 min. 16 anos. Ingr.: R$ 80 a R$ 190 p/ ingressorapido.com.br. 

Vitoriano e Seu Conjunto
O grupo que mistura música experimental com melodias simples e letras diretas lança a segunda parte do álbum duplo “Para Manter a Loucura Estável”, que discorre sobre ilusão, loucura e a vida em sociedade.
Sesc Belenzinho - teatro - R. Pe. Adelino, 1.000, Quarta Parada, tel. 2076-9700. 362 lugares. Sex. (14): 21h. 90 min. 12 anos. Ingr.: R$ 6 a R$ 20 p/ sescsp.org.br.  

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais