Descrição de chapéu festival de cannes
Cinema

A que assistir na Mostra Internacional de Cinema de SP nesta quinta? Confira 6 filmes

Seleção inclui produções festejadas em festivais internacionais que estão na programação

São Paulo

A 45ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo começa nesta quinta-feira, dia 21, com uma vasta programação até o dia 3 de novembro.

A edição tem formato híbrido, com 264 filmes exibidos em sessões presenciais em salas de cinemas na capital paulista e também em três plataformas de streaming —Mostra Play, Sesc Digital e Itaú Cultural Play.

Para ajudar os indecisos a escolher a que assistir neste oceano de opções, confira uma seleção com seis dicas do primeiro dia de Mostra. São longas como "Imaculada", que venceu a seção Jornada dos Autores e do Prêmio Melhor Primeiro Filme do Festival de Veneza.

Os ingressos para as sessões presenciais podem ser comprados no aplicativo da Mostra. Mas fique atento, pois as sessões só terão convites liberados para a venda online dois dias antes da exibição do filme. As bilheterias físicas dos cinemas só venderão ingressos da programação daquele dia —neste caso, o jeito é torcer para que as entradas já não estejam esgotadas.

Quem for acompanhar a programação nas telonas desembolsa R$ 24 nos ingressos avulsos das sessões de segunda a quinta. Das sextas aos domingos, o preço pula para R$ 30. Há também bilheterias mais acessíveis no Centro Cultural São Paulo e a da Biblioteca Roberto Santos, com sessões a R$ 2 e R$ 4.

Já os cinéfilos de carteirinha podem comprar pacotes de ingressos. O Permanente Especial custa R$ 150 e dá acesso a 20 sessões, mas apenas de segunda a sexta até às 17h55 —a modalidade não contempla os fins de semana nem horários noturnos. Assinantes da Folha têm 15% de desconto nesse ingresso especial.

Há ainda mais duas opções. O combo de 30 ingressos sem restrição de dias e horários sai por R$ 340, enquanto 20 ingressos custam R$ 250.

Para aqueles que preferirem os serviços de streaming, os ingressos unitários na plataforma Mostra Play custarão R$ 12. Poderão ser adquiridos pacotes de cinco ingressos por R$ 57, de dez entradas por R$ 105 ou de 15 ingressos por R$ 150.

Já nas plataformas Sesc Digital e Itaú Cultural Play, as exibições dos filmes selecionados serão gratuitas.

Para mais informações, acesse o site 45.mostra.org.



A Garota e a Aranha
Definido como "um conto poético sobre mudança e efemeridade" pela Mostra, o longa conta a história de Lisa, que está se mudando, enquanto Mara é deixada para trás. O filme ganhou o Prêmio da Crítica e de Melhor Direção na seção Encontros do Festival de Berlim.
Suíça, 2021. Direção: Ramon Zurcher, Silvan Zurcher. Com: Henriette Confurius, Liliane Amuat e Ursina Lardi. 18 anos. Exibição online no Mostra Play. Sessão presencial no CCSP - Circuito Spcine Paulo Emilio, dia 21, às 16h

Cena do longa "A Garota e a Aranha", exibido na 45ª Mostra de Cinema de São Paulo; filme ganhou o Prêmio da Crítica e de Melhor Direção na seção Encontros do festival de Berlim
Cena do longa "A Garota e a Aranha", exibido na 45ª Mostra de Cinema de São Paulo; filme ganhou o Prêmio da Crítica e de Melhor Direção na seção Encontros do festival de Berlim - Divulgação

I Comete - Um Verão na Córsega
Os dias de verão na ilha de Córsega têm crianças na rua, flertes entre adolescentes e adultos em reflexão sobre o tempo. Apesar do clilma de descontração, algumas feridas reaparecem. O filme venceu o Prêmio Especial do Júri do Festival de Roterdã.
França, 2021. Direção: Pascal Tagnati. Com: Jean-Christophe Folly, Pascal Tagnati, Cédric Appietto. 18 anos. Sessão presencial no Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca, dia 21, às 18h10


Imaculada
Daria é enviada a uma clinica de reabilitação para tratar o vício em heroína quando seu namorado vai para a prisão. Lá, ela começa a atrair os olhares dos homens também internados, mas mantém a lealdade ao namorado. Ela se sente especial pela primeira vez na vida e, em meio a disputa por sua atenção, Daria precisa encontrar o próprio caminho. O longa venceu a seção Jornada dos Autores e do Prêmio Melhor Primeiro Filme em Veneza.
Romênia, 2021. Direção: Monica Stan, George Chiper-Lillemark. Com: Ana Dumitrașcu, Vasile Pavel, Cezar Grumăzescu. 18 anos. Exibição online no Mostra Play. Sessão presencial no Reserva Cultural, dia 21, às 18h30

Cena do longa "Imaculada", exibido na 45ª Mostra de Cinema de São Paulo; no Festival de Veneza, o longa venceu a seção Jornada dos Autores e o prêmio Melhor Primeiro Filme
Cena do longa "Imaculada", exibido na 45ª Mostra de Cinema de São Paulo; no Festival de Veneza, o longa venceu a seção Jornada dos Autores e o prêmio Melhor Primeiro Filme - Divulgação

Medo
Em uma vila próxima à fronteira entre Bulgária e Turquia, uma viúva que perdeu recentemente o emprego como professora conhece um refugiado africano. O encontro causa uma transformação em sua vida e ela passa a desafiar pessoas da comunidade.
Búlgaria, 2020. Direção: Ivaylo Hristov. Com: Svetlana Yancheva, Michael Fleming e Ivan Savov. 14 anos. Exibição online no Sesc Digital. Exibição online no Espaço Itaú Frei Caneca, dia 21, às 18h10


Vera Sonha com o Mar
Nesta coprodução entre Macedônia do Norte e Albânia, Vera é uma mulher de meia-idade que leva uma vida tranquila e trabalha como intérprete de linguagem de sinais. Seu cotidiano muda drasticamente após o suicídio do marido e a aparição de parentes que reclamam ter direito à casa da família. Exibido no Festival de Veneza.
Kosovo, Macedônia do Norte, Albânia, 2021. Direção: Kaltrina Krasniqi. Com: Teuta Ajdini, Alketa Sylaj e Astrit Kabashi. 14 anos. Sessão presencial na Biblioteca Roberto Santos, dia 21, às 19h (ingresso a R$ 4)

Cena do filme "Vera Sonha com o Mar", que está na programação da 45ª Mostra de Cinema de São Paulo
Cena do filme "Vera Sonha com o Mar", que está na programação da 45ª Mostra de Cinema de São Paulo - Divulgação

Who We Are - A Chronicle of Racism in America
O documentário acompanha o ativista pelos direitos civis e advogado Jeffery Robinson. Por meio de entrevistas, palestras e histórias pessoais, o longa faz um registro do racismo contra negros nos Estados Unidos desde os tempos da escravidão. Vencedor do Prêmio do Público no festival South by Southwest.
EUA, 2021. Direção: Emily Kunstler e Sarah Kunstler. 16 anos. Exibição online no Mostra Play. Sessão presencial no Espaço Itaú Augusta, dia 21, às 18h15

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais