Descrição de chapéu Cinema
Cinema

'Animais Fantásticos' e primeiro filme dirigido por Lázaro Ramos dominam cinemas de SP

Longa derivado do mundo de Harry Potter traz a brasileira Maria Fernanda Cândido no elenco

São Paulo

Homossexualidade de Dumbledore censurada na China, Johnny Depp afastado após denúncias de agressão da ex-mulher, representatividade brasileira com a atriz Maria Fernanda Cândido. São tantos os destaques de "Animais Fantásticos - Os Segredos de Dumbledore" no mundo real que é difícil falar do apenas do filme.

No terceiro longa da franquia derivada do mundo de Harry Potter, que estreia nesta quinta-feira (14), seguimos acompanhando Newt Scamander, o "magizoologista" vivido por Eddie Redmayne, dessa vez convocado por um jovem Dumbledore —um Jude Law ainda sem a imensa barba branca do diretor de Hogwarts— para combater o vilão Grindelwald e seus seguidores.​

Outra estreia que domina os cinemas é "Medida Provisória", primeiro título dirigido por Lázaro Ramos. Adiado algumas vezes por causa de imbróglios com a Ancine, a trama traz críticas que remetem ao governo de Jair Bolsonaro, ao imaginar um futuro distópico em que negros são deportados para países africanos sob a falsa promessa de uma reparação histórica.

E como já cantava Érlon Chaves, "O Traidor" é outro filme que é coisa nossa. O Brasil também é estrela no novo longa do diretor italiano Marco Bellocchio, não só pelo repeteco de Maria Fernanda Cândido, mas também porque parte da trama sobre a máfia siciliana, a Cosa Nostra, se passa no Rio de Janeiro. É na cidade maravilhosa que se refugia Tommaso Buscetta, enquanto o resto de sua família é apagada da Itália. Quando é preso e deportado, ele decide colaborar com a Justiça.

Taís Araujo e Alfred Enoch em cena do filme 'Medida Provisória'
Taís Araujo e Alfred Enoch em cena do filme 'Medida Provisória' - Mariana Vianna/Divulgação

Por fim, estreia "Vitalina Varela", trabalho mais recente do português Pedro Costa, premiado no Festival de Locarno de 2019. Ele segue uma saga que acompanha atores cabo-verdianos fazendo personagens com nomes iguais aos seus, mas num misto de ficção e documentário. Depois de "Juventude em Marcha" e "Cavalo Dinheiro", o cineasta agora traz a personagem-título, que enfrenta o drama de chegar a Portugal dias após o enterro do marido.

Confira abaixo as estreias da semana.

Animais Fantásticos - Os Segredos de Dumbledore
O terceiro longa da franquia derivada de "Harry Potter" estreia com diversos destaques —desde a presença da brasileira Maria Fernanda Cândido, passando pela sugestão de homossexualidade de Dumbledore e pela saída polêmica de Johnny Depp após denúncias de violência feitas por sua ex-mulher. Enquanto isso, no mundo da fantasia, resta espaço para que a saga de Newt Scamander continue, numa jornada para combater o vilão Grindelwald, enquanto ficamos sabendo da mocidade do futuro diretor de Hogwarts.
EUA/Reino Unido, 2022. Direção: David Yates. Elenco: Eddie Redmayne, Jude Law, Mads Mikkelsen. 12 anos


Medida Provisória
A estreia de Lázaro Ramos na direção chega após uma série de adiamentos e imbróglios com a Ancine, que o diretor classificou como atos de censura. A premissa faz críticas alusivas ao governo Bolsonaro, ao imaginar um país autoritário que quer deportar para a África os "melanino-acentuados" (expressão caricatural para falar sobre os negros), sob o véu de uma reparação histórica. Enquanto parte da população se revolta, outra só vê benefícios nessa expulsão e apoia a repressão estatal.
Brasil, 2020. Direção: Lázaro Ramos. Com: Taís Araújo, Alfred Enoch, Seu Jorge. 14 anos
Leia a crítica.



O Traidor
Exibido ainda em 2019 no festival de Cannes, o novo filme de um dos maiores cineastas vivos, o italiano Marco Bellocchio, chega com atraso às telas do país onde, aliás, se passa parte da trama. Pois foi no Rio de Janeiro que se refugiou Tommaso Buscetta, integrante de alto escalão da máfia siciliana. Enquanto as contas são acertadas na Itália e a "famiglia" é riscada do mapa, o criminoso acaba sendo preso pela polícia brasileira, é extraditado e decide abrir a boca para um juiz, traindo seu voto eterno para o crime.
Alemanha/Brasil/França/Itália, 2019. Direção: Marco Bellocchio. Com: Maria Fernanda Cândido, Pierfrancesco Favino, Fabrizio Ferracane. 16 anos


Vitalina Varela
Outro filme premiado que tardou a chegar ao circuito é o novo do português Pedro Costa, que dá continuidade à saga de personagens cabo-verdianos que aparecem em "Juventude em Marcha" e "Cavalo Dinheiro". Mais ligado a um cinema de poesia e de silêncios, em que a ficção cruza o documentário, o cineasta exibe a personagem-título ao chegar a Lisboa, três dias após o enterro do marido. Ela esperava o bilhete há décadas, e agora não sairá mais de lá, vagando por um país que esconde suas mazelas nas sombras.
Portugal, 2019. Direção: Pedro Costa. Com: Elenco: Vitalina Varela, Ventura, Manuel Tavares Almeida. 12 anos

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais