Festival Varilux exibe filmes sobre aborto, amor LGBTQIA+ e traição; veja destaques

Mostra volta a ocorrer presencialmente em São Paulo com produções premiadas e inéditas

São Paulo

Após passar por alguns adiamentos e incluir uma edição feita de forma online nos dois últimos anos, por causa da pandemia de Covid, o Festival Varilux de Cinema Francês retorna à programação normal e presencial nas salas de cinema de São Paulo.

A partir desta terça, dia 21, até o dia 6 de julho, a mostra apresenta uma seleção de 26 produções francesas, incluindo 17 filmes inéditos no país, alguns deles premiados. A 13ª edição do evento também traz uma novidade —pela primeira vez, serão exibidas séries nas telonas.

Cena de "O Próximo Passo", filme que será exibido no festival Varilux
Cena de 'O Próximo Passo', de Cédric Klapisch, um dos filmes que integra a programação do festival Varilux - Divulgação

Cada produção terá dois capítulos projetados em sessões com entradas gratuitas. Ao todo, serão sete os títulos, com temas que vão do suspense ao drama: "Cheyenne e Lola", "As Sentinelas", "Jogos de Poder", "O que Pauline Não Diz", "Ópera", "Síndrome E" e "A Corda".

Um dos destaques da agenda está reservada para esta quarta, dia 22, que terá sessões gratuitas seguidas de debates com seis diretores e atores franceses. Para participar, é preciso retirar ingresso uma hora antes na bilheteria dos cinemas Espaço Itaú Frei Caneca e Cine Marquise, onde ocorrem os bate-papos.

Serão apresentados os filmes "Esperando Bojangles", de Régis Roinsard, "Kompromat", de Jerôme Salle, "O Mundo de Ontem", de Diastème, "Os Jovens Amantes", de Carine Tardieu, "O Destino de Haffmann", de Fred Cavay e "Contratempos", de Eric Gravel —este último, vencedor do prêmio de melhor diretor no Festival de Veneza.

As exibições ocorrem em quatro cinemas paulistanos: no Cine Marquise, Cinemark Iguatemi e nas unidades do Espaço Itaú de Cinema na rua Augusta e no shopping Frei Caneca. Os valores dos ingressos variam de acordo com o cinema e a sessão e vão de gratuitos a até R$ 50. A programação completa, endereços e exibições estão no site do Varilux. Abaixo, confira cinco destaques.

O Acontecimento
Adaptação do romance homônimo da francesa Annie Ernaux, o longa levou o Leão de Ouro no Festival de Veneza do ano passado. Ambientado nos anos 1960, conta a história de uma jovem universitária que engravida e decide fazer um aborto, o que é proibido. Ela então corre contra o tempo para descobrir como fazer um aborto clandestino.
França, 2021. Direção: Audrey Diwan. Com: Anamaria Vartolomei, Kacey Mottet Klein, Luàna Bajrami. 16 anos. Próxima sessão no Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca, dia 23, às 16h25


Contratempos
Julie cria seus dois filhos no subúrbio enquanto tenta manter o emprego em Paris. Quando ela consegue fazer uma entrevista para um cargo que deseja, uma greve paralisa o transporte na cidade. É quando ela inicia uma corrida para tentar salvar sua família e seu trabalho. Este é outro filme premiado da programação, vencedor dos troféus de melhor diretor e melhor atriz no Festival de Veneza.
França, 2022. Direção: Eric Gravel. Com: Laure Calamy, Anne Suarez, Geneviève Mnich. 14 anos. Próxima sessão no Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca, dia 22, às 17h


Um Herói
O filme do iraniano Asghar Farhadi, vencedor do Grande Prêmio no Festival de Cannes do ano passado, acompanha Rahim, um homem preso por causa de uma dívida que não conseguiu pagar. Ao ser dispensado da cadeia por dois dias, ele tenta convencer seu credor a retirar a queixa.
França, Irã, 2021. Direção: Asghar Farhadi. Com: Amir Jadidi, Mohsen Tana. 12 anos. Próxima sessão no Espaço Itaú de Cinema Augusta, dia 23, às 19h35


Peter Von Kant
Dirigido por François Ozon, a produção de temática LGBTQIA+ foi indicada a melhor filme no Festival de Berlim deste ano. Inspirado no clássico "As Lágrimas Amargas de Petra Von Kant", do alemão Rainer Fassbinder, mostra Peter, um cineasta de sucesso que se envolve com o jovem Amir, a quem promete ajudar a entrar na indústria de cinema.
França, 2022. Direção: François Ozon. Com: Denis Ménochet, Isabelle Adjani e Khalil Ben Gharbia. 16 anos. Próxima sessão no Cinemark Iguatemi, dia 23, às 19h20


O Próximo Passo
Elise, uma jovem bailarina clássica promissora, se machuca em uma apresentação após flagrar o namorado a traindo. Apesar de médicos afirmarem que ela não conseguirá mais dançar, a bailarina luta para se recuperar e busca novos rumos na dança contemporânea.
França, Bélgica, 2022. Direção: Cédric Klapisch. Com: Marion Barbeau, Hofesh Shechter, Denis Podalydès. 12 anos. Próxima sessão no Cine Marquise, dia 23, às 18h40

Festival Varilux de Cinema

  • Quando 21/6 a 6/7
  • Onde Cine Marquise, Cinemark Iguatemi, Espaço Itaú de Cinema Augusta e Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca
  • Preço Grátis a R$ 50
  • Link: https://variluxcinefrances.com/2022/

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais