Descrição de chapéu Cinema
Cinema

Festival In-Edit conta as histórias de Belchior e Sinéad O'Connor; veja 10 filmes da programação

Mostra de documentários tem sessões presenciais em São Paulo e exibições online

Cena de 'Nothing Compares', documentário do In-Edit que fala sobre a vida de Sinéad O’Connor

Cena de 'Nothing Compares', documentário do In-Edit que fala sobre a vida de Sinéad O'Connor Divulgação

São Paulo

Ainda de forma híbrida, com parte da programação em cinemas e parte em plataformas de streaming, a 14ª edição do In-Edit Brasil, o festival internacional de documentários musicais, tem início em São Paulo impactada pela Covid-19.

A mostra tem a maior parte de sua programação gratuita e tem início nesta quarta, dia 15, com sessões presenciais em São Paulo. A programação vai até 26 de junho.

São 67 títulos nacionais e internacionais, entre filmes inéditos, pré-estreias, obras finalizadas especialmente para o evento e longas premiados em edições anteriores.

Entre os destaques estrangeiros, aparecem "Nothing Compares", que retrata cinco anos da vida da cantora irlandesa Sinéad O’Connor, que abre o festival, e "A-Ha: The Movie", sobre a banda que criou o hit "Take on Me", além de longas sobre figuras importantes da música, como Marin Alsop, Rick James, Tina Turner e Delia Derbyshire.

Já entre os representantes brasileiros, ganham retratos cinematográficos Belchior, Léa Freire, Sidney Magal e Alzira E, entre muitos outros.

Além de se debruçar sobre personagens, os filmes também falam sobre movimentos. Ficarão disponíveis títulos sobre o brasileiríssimo manguebeat, com "Manguebit", o reggae, com "Studio 17: The Lost Reggae Tapes", e o heavy metal, que ganha uma mostra paralela com produções como "A Heavy Metal Civilization" e "Brasil Heavy Metal".

Imagem de 'Belchior - Apenas um Coração Selvagem', na programação do In-Edit
Imagem de 'Belchior - Apenas um Coração Selvagem', na programação do In-Edit - Divulgação

Para completar, o In-Edit também conta com debates, sessões comentadas, uma feira de vinis e pocket shows de nomes como Mundo Livre S/A, Garotos Podres, Carlini and Friends e Alzira E.

Toda a programação virtual, dividida entre a plataforma do festival, do Itaú Cultural e do Sesc Digital, é gratuita, assim como as exibições físicas em salas como o CCSP e a Cinemateca Brasileira. Apenas no Cinesesc algumas sessões são pagas –os valores vão de R$ 8 a R$ 24.

A grade completa pode ser conferida em br.in-edit.org. Veja, abaixo, dez dicas do que não perder no festival.

A-Ha: The Movie
Partindo da explosão de seu maior sucesso, "Take on Me", de 1985, até os dias atuais, o documentário cobre a trajetória da banda norueguesa na ativa desde 1982 e os impactos da fama nas vidas dos integrantes Morten Harket, Magne Furuholmen e Påul Waaktaar. O filme só terá sessões presenciais.
Noruega e Alemanha, 2021. Direção: Thomas Robsahm e Aslaug Holm. Dom. (19), às 18h30, no Cinesesc; qua. (22), às 20h, no CCSP; e sex. (24), às 18h, na Cinemateca Brasileira


Alan
Filmado ao longo de quase uma década, o documentário acompanha a vida de Alan do Rap –morador da periferia de Salvador, descendente de indígenas e um dos precursores do gênero musical na capital baiana. Ao mesmo tempo em que lidava com a pobreza e a criminalidade, o rapper ficou conhecido por invadir palcos de outras bandas como Racionais Mc’s e Planet Hemp para divulgar suas músicas.
Brasil, 2022. Direção: Daniel Lisboa e Diego Lisboa. Sex. (17), às 19h, na SPcine Roberto Santos; dom. (19), às 20h30, no Cinesesc; ter. (21), às 18h, no CCSP; e dom. (26), às 16h, na Cinemateca Brasileira. Online em inedit.tv.br


Belchior - Apenas um Coração Selvagem
O filme usa imagens de arquivo e depoimentos dados pelo cearense ao longo de sua carreira para traduzir uma das figuras mais singulares da música brasileira, com reflexões sobre arte, fama e outros assuntos.
Brasil, 2022. Direção: Natália Dias e Camilo Cavalcanti. Sáb. (18), às 20h30, no Cinesesc; qui. (23), às 18h, no CCSP; sáb. (25), às 19h, no SPcine Cidade Tiradentes; e dom. (26), na Cinemateca Brasileira. Online em inedit.tv.br


Bitchin’: The Sound and Fury of Rick James
A turbulenta vida do autor do hit "Super Freak", sampleada por MC Hammer em "U Can't Touch This" e por muitos outros artistas, é contada neste documentário, que cobre o início de sua carreira ao lado de Neil Young na banda The Mynah Birds, a fuga para escapar do alistamento no exército dos Estados Unidos e suas empreitadas musicais que evitaram que a clássica gravadora Motown Records fechasse as portas.
Estados Unidos, 2021. Direção: Sacha Jenkins. Qui. (16), às 18h30, no Cinesesc; e dom. (19), às 20h, na Cinemateca Brasileira


Cafi
Autor de cerca de três centenas de capas de discos –incluindo a clássica imagem dos dois meninos que ilustra o "Clube da Esquina", de 1972–, o fotógrafo Cafi, apelido de Carlos da Silva Assunção Filho, faz parte da história da música brasileira. O filme fala sobre sua vida com depoimentos dele, que morreu em 2019, e de amigos.
Brasil, 2021. Direção: Lírio Ferreira e Natara Ney. Sex. (17), às 20h30, no Cinesesc; ter. (21), às 19h, no SPcine Roberto Santos; sex. (24), às 18, no CCSP; e dom. (26), às 17h, na Cinemateca Brasileira. Online em inedit.tv.br


The Conductor
Pupila do famoso maestro Leonard Bernstein e uma das responsáveis por alçar a Osesp, a Orquestra do Estado de São Paulo, ao posto de uma das maiores do mundo, a regente norte-americana Marin Alsop conta a história de sua carreira e a batalha para incluir mais mulheres em posições de destaque na música clássica.
Estados Unidos, 2021. Direção: Bernadette Wegenstein. Sex. (17), às 18h, na Cinemateca Brasileira; e sex. (24), às 18h, na Sala São Paulo


Delia Derbyshire: The Myths and the Legendary Tapes
O misto de documentário e ficção mostra a trajetória da matemática e compositora inglesa Delia Derbyshire, uma das pioneiras da música eletroacústica, que criou sons que se tornariam referências da cultura pop –como a canção tema da série "Doctor Who"— e influenciou a carreira de nomes que vão dos Chemical Brothers a Paul McCartney.
Inglaterra, 2020. Direção: Caroline Catz. Qui. (16), às 17h, na Cinemateca Brasileira; e dom. (19), às 17h, no Cine Bijou. Online em inedit.tv.br


A Música Natureza de Léa Freire
A importância da instrumentista, improvisadora, compositora e arranjadora Léa Freire ganha vida nesta produção com ajuda de vozes de artistas brasileiros clássicos e também da nova geração, que refletem sobre a caminhada da paulistana ao desbravar um universo predominantemente masculino.
Brasil, 2022. Direção: Lucas Weglinski. Dom. (19), às 16h e qua. (22), às 20h30, no Cinesesc; qui. (23), às 19h, no SPcine Roberto Santos; e dom. (26), às 19h, na Cinemateca Brasileira. Online em inedit.tv.br e sescsp.org.br/cinesesc


Nothing Compares
Um recorte de cinco anos, de 1987 e 1992, guia o documentário sobre a cantora irlandesa Sinéad O’Connor, alçada à fama nos anos 1980 e conhecida por mudar a figura da mulher no rock com sua postura e estética revolucionárias. O filme abre a edição do festival e só é exibido presencialmente –os ingressos serão distribuídos uma hora antes da sessão.
Inglaterra e Irlanda, 2022. Direção: Kathryn Ferguson. Qua. (15), às 20h30 e seg. (27), às 18h30, no Cinesesc; e dom. (19), às 18h, na Cinemateca Brasileira


Studio 17: The Lost Reggae Tapes
O documentário se debruça sobre o estúdio fundado em 1950 no coração de Kingston, na Jamaica, onde nasceram gravações históricas de nomes como Bob Marley & the Wailers, Lee "Scratch" Perry e The Skatalites. Parte dessas fitas, no entanto, se perderam quando os donos fugiram da violência para Nova York –e agora os herdeiros da família tentam rencontrá-las.
Inglaterra, 2019. Direção: Mark James. Qui. (16), às 15, na Cinemateca Brasileira; dom. (19), às 20h, no CCSP; e qui. (23), às 21h. no Cine Bijou. Online em inedit.tv.br e sescsp.org.br/cinesesc

Endereços das salas

CCSP - r. Vergueiro, 1.000, Paraíso
Cinesesc - r. Augusta, 2.075, Cerqueira César
Cine Bijou - pça. Franklin Roosevelt, 172, Consolação
Cinemateca Brasileira - lgo. Sen. Raul Cardoso, 207, Vila Clementino
Sala São Paulo - pça. Júlio Prestes, 16, Campos Elíseos
SPcine Roberto Santos - r. Cisplatina, 505, Ipiranga

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais