Descrição de chapéu mulher feminismo
Passeios

De oficinas a mostras de cinema, veja opções de passeios no Dia da Mulher

Casas de shows e espaços culturais oferecem programação especial neste 8 de março; confira

Nathalia Durval
São Paulo

As Bahias e a Cozinha Mineira
Comandada pelas vocalistas Assucena Assucena e Raquel Virginia e pelo guitarrista Rafael Acerbi, a banda apresenta seu disco mais recente, o dançante “Bixa” (2017), que reúne influências da MPB e do pop. A cantora Luedji Luna é a convidada da noite, que integra a série de shows em março na Casa Natura Musical em comemoração ao Dia Internacional da Mulher.
Casa Natura Musical - R. Artur de Azevedo, 2.134, Pinheiros, região oeste, tel. 4003-6860. 710 lugares. Qui. (8): 21h30. 100 min. 12 anos. Valet a partir de R$ 25. Ingresso: R$ 40 a R$ 100. Ingr. p/ eventim.com.br.

Bazar da Cidade: especial Dia da Mulher
Roupas, bijuterias, comidas e objetos para casa são algumas das opções que 44 expositores vendem no bazar, que também promove shows para comemorar a data. Na sexta (9), a cantora Cimara Fróis  toca músicas de artistas como Dominguinhos e Astor Piazzolla usando um acordeon. Já no sábado (10), a cantora Loreta Colucci interpreta músicas de Elis Regina e Nara Leão, entre outras.
Obra de Arte - R. Indiaroba, 97, Moema, região sul, tel. 5535-5928. Sex. (9) a dom. (11): 11h às 21h. Livre. GRÁTIS

A cantora Ceumar faz show na quinta (8), às 21h, no Tupi or Not Tupi - Divulgação

Ceumar
A cantora e compositora mineira interpreta repertório que reúne exclusivamente músicas compostas por mulheres. “Avesso”, de Ceumar e Alice Ruiz, e “Kulukaya”, de Cátia França, estão garantidas. A acordeonista baiana Lívia Mattos participa da apresentação.
Tupi or Not Tupi - R. Fidalga, 360, Pinheiros, região oeste, tel. 3813-7404. 100 lugares. Qui. (8): 21h. 90 min. Livre. Couvert artístico: R$ 60. Ingr. p/ tupiornottupi.net.

Cida Moreira
Em apresentação intimista, a cantora e pianista paulistana interpreta baladas, tangos e blues de nomes como Violeta Parra, Mercedes Sosa e Patti Smith. O show integra a programação da mostra DeGeneradas, que discute feminismo e suas diversas vertentes.
Sesc Santana - teatro - Av. Luiz Dumont Villares, 579, Jardim São Paulo(Zona Norte), região norte, tel. 2971-8700. 330 lugares. Qui. (8): 20h. 90 min. 12 anos. Ingresso: R$ 7,50 a R$ 25. Ingr. p/ sescsp.org.br.

Cena do documentário "Lygia, uma Escritora Brasileira", sobre a escritora Lygia Fagundes Telles
A escritora Lygia Fagundes Telles, que ganhou documentário sobre sua vida em "Lygia, uma Escritora Brasileira" (2017) - Divulgação

Ciranda das Mulheres
A atividade convida mulheres a se reunir nas terças-feiras de março e abril para participar de uma roda de leitura em que serão discutidos livros de autoras femininas, como Lygia Fagundes Telles (foto), Simone de Beauvoir, Jane Austen e Adélia Prado.
Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura - 1° andar - Av. Paulista, 37, Bela Vista, região central, tel. 3285-6986. Ter.: 14h. Até 24/4. Livre. Valet a partir de R$ 15. GRÁTIS

As Conquistas Delas: a História Oculta das Mulheres no Esporte
As ex-atletas Aline Pellegrino, Magic Paula e Fofão participam de bate-papo nesta quarta (7) sobre a visibilidade das mulheres nos esportes.
Museu do Futebol - Pça. Charles Miller, s/ nº, Pacaembu, região central, tel. 3664-3848. 174 lugares. Qua (7).: 19h30 às 22h. Livre. GRÁTIS

Donas da Rua da História
Em cartaz até sexta (9), a exposição reúne painéis com as personagens meninas da Turma da Mônica interpretando 18 personalidades que se destacaram em vários campos, como a judoca Rafaela Silva e a pintora Tarsila do Amaral, junto com a biografia de cada uma. A mostra também comemora o aniversário de dois anos do projeto Donas da Rua, que trabalha a autoestima das meninas e seus direitos a oportunidades, e tem apoio da ONU Mulheres.
Conjunto Nacional - térreo - Av. Paulista, 2.073, Bela Vista, região central, tel. 3147-7456. Qua. a sex (9): 7h às 22h. Livre. GRÁTIS

Escrita de Cordel com Jarid Arraes
Autora de mais de 60 livros publicados em formato de cordel, a escritora cearense Jarid Arraes conduz oficina em que os participantes escrevem seu próprio cordel, com foco na história de alguma mulher negra. No domingo (11), a escritora participa de bate-papo sobre suas produções literárias.
Sesc Ipiranga - R. Bom Pastor, 822, Ipiranga, região sul, tel. 3340-2000. Escrita de cordel: 20 lugares. Sáb. (10): 14h30. 120 min. Livre. Bate papo com Jarid Arraes: dom. (11): 15h. 120 min. 12 anos. GRÁTIS

A Mais Forte
No Dia da Mulher, a Companhia 3 de Nós apresenta uma intervenção cênica sobre a peça do sueco August Strindberg (1849-1912), em que duas mulheres disputam o mesmo homem. A montagem discute temas como o papel da mulher na sociedade e a educação sexista.
Teatro Sérgio Cardoso - sala Paschoal Carlos Magno - R. Rui Barbosa, 153, Bela Vista, tel. 3288-0136. 144 lugares. Qui. (8): 21h. Ingresso: R$ 30.

A cantora Carmen Miranda em cena do documentário ''Bananas Is My Business'' (1995) - Divulgação

Mostra Helena Solberg
O Centro Cultural Banco do Brasil exibe, até o dia 19/3, longas dirigidos pela cineasta Helena Solberg, única mulher a participar do movimento do cinema novo nos anos de 1960 e 1970. Algumas sessões serão seguidas de debate e, no dia 17/3, a diretora carioca participa de uma aula magna. Na abertura, será projetado o longa “Carmen Miranda: Bananas Is My Business” (1995; foto).
CCCB - R. Álvares Penteado, 112, Centro, região central, tel. 3113-3651. culturabancodobrasil.com.br. GRÁTIS

A atriz Viola Davis em cena do filme "Histórias Cruzadas", do diretor Tate Taylor - Divulgação

Mostra Viola Davis
Nesta quinta (8), durante a semana do Dia Internacional da Mulher, o MIS promove as últimas sessões da mostra em homenagem à atriz Viola Davis, com a exibição dos longas “Os Suspeitos” (2013), de Denis Villeneuve, às 17h30, e “Histórias Cruzadas” (2011; foto), de Tate Taylor, às 20h.
MIS - Av. Europa, 158, Jardim Europa, região oeste, tel. 2117-4777. mis-sp.org.br. Retirar ingresso com uma hora de antecedência. GRÁTIS

A Mulher na Literatura de Cordel
A Casa de Dona Yayá promove bate-papo sobre a produção de cordel por mulheres e lança o cordel “De Sebastiana a Dona Yayá”, de Varneci Nascimento, que retrata a vida da antiga moradora da casa-museu.
Casa de Dona Yayá - Centro de Preservação Cultural da USP - R. Mj. Diogo, 353, Bela Vista, região central, tel. 2648-1501. 30 lugares. Sex. (9): 18h às 21h30. Livre. GRÁTIS

Picco
Para comemorar a data, o bar terá apresentação musical de um trio de jazz instrumental composto só por mulheres, liderado pela contrabaixista Vanessa Ferreira, na quinta (8), às 19h30. Antes, a partir das 18h, a DJ Mary G faz o esquenta no comando do toca-discos. Além disso, o espaço oferece receitas especiais de pizzas (a Irish Pizza, por exemplo, é feita com molho de tomates, caponata especial preparada com uísque, queijo tipo caccio cavalo, calabresa de javali e pistache moído) e drinques, como o que tem Jägermeister, suco de limão e água tônica.
R. Lisboa, 294, Cerqueira César, região oeste, tel. 3081-0066. 50 lugares. Ter. a dom.: 12h às 24h. CC: V, M, AE, E, D.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais