Descrição de chapéu gay
Passeios

Eventos em São Paulo esquentam clima para Parada do Orgulho LGBT

Mostras de cinema, peças de teatro e feiras temáticas estão entre eles

-
São Paulo

Está marcada para o próximo domingo, 23 de junho, a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, considerada uma das maiores do mundo. Uma série de eventos a partir desta sábado (15), no entanto, já antecipam a festa. Descubra, abaixo, quais são eles.

Cinema

CINE NA PRAÇA
Ao longo de junho, a praça Victor Civita recebe sessões de cinema que celebram o mês do orgulho LGBT. Semanais, as projeções acontecem às quintas e são gratuitas. Na quinta-feira (20), o filme escolhido foi "A Garota Dinamarquesa".
Pça. Victor Civita - R. Sumidouro, 580, Pinheiros. Qui.: 19h. Até 27/6. GRÁTIS

DIVERSIDADE NO CINEMA PAULISTA
Para celebrar o mês da diversidade, o Cinesesc realiza mostra com filmes paulistas que, nas décadas de 1980 e 1990, se propuseram a discutir sexualidade. Os longas selecionados foram “O Olho Mágico do Amor” (1982), “Onda Nova” (1983), “Estrela Nua” (1984) e “O Corpo” (1991), dirigidos por José Antônio Garcia e, no caso dos três primeiros, codirigidos por Ícaro Martins. Gratuitas, as sessões acontecem sempre às 19h, entre esta quinta (20) e 23/6.
Sala e horários

PETRA BELAS ARTES DA DIVERSIDADE
Dando continuidade à mostra que homenageia a diversidade sexual e de gênero, o Petra Belas Artes exibe, nesta quarta (19), às 20h, o longa nacional “Copa 181”. Ainda inédito nos cinemas, a trama mostra como a chegada de uma sauna gay à vizinhança impacta a vida de um casal. Após a sessão, há bate-papo com o diretor, Dannon Lacerda, e com André Fischer, criador do Festival Mix Brasil.
Salas e horários

Cena do filme "Copa 181"
Cena do filme "Copa 181" - Divulgação

Exposições

DEVASSOS NO PARAÍSO: O BRASIL MOSTRA SUA CARA
Baseada no livro homônimo publicado por João Silvério Trevisan em 1986, a exposição constrói uma espécie de linha do tempo das sexualidades e expressões de gênero no Brasil, do período colonial às eleições de parlamentares que se identificam com a causa. Um chatbot 
baseado na personalidade do escritor guia a exposição.
Museu da Diversidade Sexual - R. do Arouche, 24, República, Ter. a dom.: 10h às 18h. Até 22/9. Livre. GRÁTIS

Noite

Jet da GG
Uma das maiores drag queens do país, Gloria Groove estreia sua festa no espaço do Água Branca. Além de subir ao palco para cantar sucessos como “Coisa Boa” e “Bumbum de Ouro”, a paulistana deve receber convidados especiais. No comando da balada, as DJs Duda Dello Russo e Fernanda Fox mostram sets que vão da música pop ao funk.
Audio - Av. Francisco Matarazzo, 694, Água Branca, região oeste, tel. 3862-8279. 3.000 pessoas. Qua. (19), 
a partir das 22h. 18 anos. Ingr.: R$ 80 a R$ 120. Ingr. p/ ticket360.com.br.  

Priscilla com Manila Luzon
Conhecida como uma das drag queens injustiçadas do reality show Rupaul’s Drag Race, a rainha que conquistou corações ao redor do mundo sobe ao palco do Cine Joia. As ilustres Silvetty Montilla, Ikaro Kadoshi e Tiffany 
Bradshaw representam o Brasil no lineup, que ainda tem sets de nomes como Sérjô, Thiago Pereira e Álvaro Steininger.
Cine Joia - Pça. Carlos Gomes, 82, Centro, tel. 3101-1305. 992 pessoas. Sáb. (15), a partir das 23h. 18 anos. Ingressos esgotados. 

Passeios

FEIRA CULTURAL LGBT
A praça da República é ocupada por tendas que vendem roupas, acessórios, livros, calçados e objetos de decoração relacionados à cultura LGBT. O evento recebe também shows e workshops.
Praça da República - Pça. da República, s/ nº, República, região central, s/ tel. Qui. (20): 10h às 22h. Livre. GRÁTIS

FESTIVAL TRANSVERSALIDADES 
Promovido pelo coletivo Casa Chama, o evento dialoga sobre suportes necessários para a população LGBT nas áreas de saúde, jurídica e inclusão. Ali, acontecem bate-papos e shows, com destaque para artistas travestis e transexuais, como Marina Matheus. 
Teat(r)o Oficina - R. Jaceguai, 520, Bela Vista, tel. 3104-0678. Qui. (20): 13h às 22h. 18 anos. Ingr.: R$ a partir de R$ 30. Ingr. p/ clubedoingresso.

GLITTER FESTIVAL
O evento homenageia a cultura LGBT e tem atrações como o cantor Yohan, a performer Islana Detox e a drag queen Vera Ronzella, que interpreta Hebe Carmargo e Dercy Gonçalves. Neste sábado (15), às 16h, acontece um bate-papo com os psicanalistas Joana Waldorf, Francisco Rocha e Leandro Silva que discutem a história dos movimentos LGBTs.
Cabaret da Cecília - R. Fortunato, 35, Vila Buarque, tel. 3392-1239. Sáb. (15): 16h, ter. (18): 20h, qua. (19): 21h e qui. (20): 20h30.Até 22/6 Consumação mínima: R$ 15.

PARADA PRETA
O Coletivo Amem realiza o evento com a participação do rapper Rico Dalasam, representante da comunidade LGBT. A programação conta com shows, debates, performances e discotecagens de artistas negras LGBTs. A parada surgiu em 2017 na busca por atender necessidades da comunidade negra LGBT.
Z - Largo da Batata - Av. Brig. Faria Lima, 724, Pinheiros, tel. 2936-0934. 250 pessoas. Qui. (20): 21h30 às 6h. 18 anos. Ingr.: R$ 20 a R$ 25. Ingr. p/ ingresso.com.br.

Teatro

BUG CHASER
A montagem discute a relação entre o risco e o prazer contidos nas práticas de “barebacking” (sexo sem preservativo) e de “bugchasing” (quando alguém procura ter relações sexuais com HIVs positivos para ser infectado). O ator Ricardo Corrêa interpreta um homem em quarentena que é analisado por um programa de inteligência artificial.
Teatro Sérgio Cardoso - sala Paschoal Carlos Magno - R. Rui Barbosa, 153, Bela Vista, região central, tel. 3288-0136. 144 lugares. 18 anos. Ter. (18): 19h. Ingr.: R$ 20.

Ricardo Côrrea em cena na peça 'Bug Chaser'
Ricardo Côrrea em cena na peça 'Bug Chaser' - Alice Jardim/Divulgação

EU EM TI
A peça documental da Cia. Gufa de Teatro reencena a morte brutal da travesti Dandara dos Santos, espancada até a morte em fevereiro de 2017, usando como base o áudio de um vídeo gravado pelos agressores. Uma marionete faz o papel de Dandara.
Espaço Cultural Cita - R. Aroldo de Azevedo, 20, Jardim Bom Refúgio, região oeste, tel. 5844-4116. 50 lugares. 14 anos. Sáb. (15): 19h. GRÁTIS

Cena de 'Eu em Ti', peça documental que conta história da travesti assassinada Dandara com a ajuda de um boneco
Cena de 'Eu em Ti', peça documental que conta história da travesti assassinada Dandara com a ajuda de um boneco ORG XMIT: kOGWmB-Ecwagq4f49_jp - Daniela Agostini/Divulgação

ENTREGA PARA JEZEBEL
O espetáculo do piauiense Roberto Muniz Dias conta a história de Jezebel, uma travesti que tem como sonho ser mãe e se alterna entre cuidar do filho de uma amiga e tentar ganhar dinheiro pelas ruas. Ela vê sua vida desmoronar, no entanto, quando a mãe da criança retorna para reaver sua guarda.
Oficina Cultural Oswald de Andrade - R. Três Rios, 363, Bom Retiro, região central, tel. 3222-2662. 30 lugares. Seg. a qua.: 20h. Até 26/6. 18 anos. Retirar ingr. 30 min antes. GRÁTIS

SOMOS TÃO JOVENS
O espetáculo retrata o cotidiano de seis jovens em São Paulo e leva ao palco temas que envolvem a passagem para a vida adulta, como relacionamentos, sonhos, sexualidade e preconceitos.
Teatro Décio de Almeida Prado - R. Lopes Neto, 206, Itaim Bibi, região sul, tel. 3079-3438. 186 lugares. 14 anos. Sáb.: 21h. Dom.: 19h. Até 23/6. Ingr.: R$ 30.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais