Museu virtual dedicado a Itamar Assumpção abre exposição física e gratuita em São Paulo

Na Penha, ocupação reúne parte do acervo e orquidário feito por companheira do músico

São Paulo

Depois de completar um ano de existência virtual, o MU.ITA (Museu Itamar Assumpção), projeto online dedicado ao músico Itamar Assumpção inaugurou no último sábado (20), quando foi celebrado o Dia da Consciência Negra, uma ocupação que leva seu nome no Centro Cultural da Penha, na zona leste de São Paulo.

Se na versão virtual do MU.ITA, mais de 2.000 itens aparecem por meio de pixels, a exposição "Afrobrasileiro Puro" oferece a primeira chance de ver pessoalmente parte desse extenso acervo dedicado ao músico, que inclui sons, imagens e depoimentos.

A curadoria, assinada por Anelis Assumpção —cantora e filha de Itamar—, Ana Maria Gonçalves, Frederico Teixeira e Rosa Couto, dedica-se a traduzir os laços entre o músico e o bairro da Penha, além das relações entre a obra de Itamar e a cidade de São Paulo, por meio de imagens, vídeos e itens como documentos, cartas, discos de vinil, letras, poemas e fotografias em preto e branco.

Além disso, o espaço também inaugurou um orquidário pensado por Zena, companheira de Itamar por 35 anos e mãe de Anelis. Por ali, é possível mergulhar no amor que o músico tinha pelas flores e ver mais de 20 tipos de orquídeas ao som de uma playlist feita pela equipe do MU.ITA.

Outra homenagem a Itamar Assumpção é uma estátua do músico, feita pelo artista plástico Leandro Junior, que será inaugurada em 15 de dezembro em frente ao centro cultural.

Para conhecer o acervo completo, também é possível acessar o museu virtual, que tem traduções em inglês, alemão e iorubá.

MU.ITA Ocupação

  • Quando Até 25/1, de ter. a dom., das 10h às 22h
  • Onde Centro Cultural da Penha - Largo do Rosário, 20, Penha de França, zona leste
  • Preço Grátis
  • Link: https://www.itamarassumpcao.com/

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais