Nova Cachaçaria Ouro Verde valoriza tradição botequeira

Boteco é comandado por ex-funcionários do Bar do Giba, em Moema

Marina Consiglio
São Paulo

A Cachaçaria Ouro Verde é um boteco. E ponto. Sem firulas, o local aberto em março, na Mooca,  se destaca pelo bem executado menu de petiscos, pela seleção de cachaças e pelo atendimento cordial.

Ali, o público é recebido com sorrisos e até com apertos de mão. O abre-alas, uma porção de chips de jiló, é cortesia da casa. 

O local é comandado por ex-funcionários do Bar do Giba, boteco tradicional em Moema (leia na pág. ao lado).

Ambiente da Cachaçaria Ouro Verde, na Mooca
Ambiente da Cachaçaria Ouro Verde, na Mooca - Marina Consiglio/Folhapress

Apesar de trazer uma seleção de cervejas especiais, com rótulos de marcas como Dogma e Blondine, é a ampla coleção de garrafas de cachaça, que ocupa a parede atrás do bar, que explicita a vocação da casa. 

São oferecidos por ali cerca de 80 rótulos da bebida, vindas de diversas regiões do país. Entre os destaques, há a cearense Cedro do Líbano. A bebida também aparece em caipirinhas como a do Manú, feita de caqui, lima-da-pérsia e maracujá. 

O menu de comes traz petiscos de boteco, como pastéis (que podem ser pedidos em porção ou por unidade) e bolovo. O cardápio traz, ainda, sanduíches e pratos. 

Nesses dias mais frios, não deixe de provar o feijão-verde preparado na nata e gratinado com queijo de coalho. 

R. do Oratório, 1.750, Mooca, tel. 2084-0508. 70 lugares. Seg. e qua. a sex.: 17h30 à 1h. Sáb.: 12h30 à 1h. Dom.: 12h30 às 23h. Não aceita tíquetes. Cachaça Cedro do Líbano - dose: R$ 16,90. 

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais