Descrição de chapéu Cinema
Cinema

'Cléo das 5 às 7', de Agnès Varda, ganha projeção gratuita na Cinemateca neste domingo

Cineasta precursora da nouvelle vague morreu nesta quinta (28), vítima de um câncer

São Paulo

A Cinemateca Brasileira exibe, neste domingo (31), um dos mais aclamados filmes de Agnès Varda, cineasta morta nesta quinta (28), aos 90 anos.

"Cléo das 5 às 7" (1962) ganha projeção gratuita às 18h, na sala BNDES, e integra a programação da mostra Mulheres, Câmeras e Telas, com longas dirigidos por mulheres. Os ingressos são distribuídos com uma hora de antecedência.

Cena do filme 'Cléo das 5 às 7', da diretora Agnès Varda
Cena do filme 'Cléo das 5 às 7', da diretora Agnès Varda - Reprodução

O filme acompanha uma cantora hipocondríaca que acredita ter câncer. Enquanto espera, aflita, o resultado do exame, decide passear por Paris fazendo coisas banais e conversando com desconhecidos.

"Cléo das 5 às 7" é estrelado por Corinne Marchand e foi exibido no Festival de Cannes de 1962.

Nascida Arlette Varda em 30 de maio de 1928 em Ixelles, na Bélgica, Agnès Varda foi uma das pioneiras da nouvelle vague e uma das poucas mulheres na cena do cinema francês da década de 1960.

Membros de sua família e equipe anunciaram na manhã desta sexta (29), à AFP, que ela havia falecido em decorrência de câncer.

Cinemateca - Lgo. Sen. Raul Cardoso, 207, Vila Mariana, região sul, tel. 3512-6111. Dom. (31): 18h. GRÁTIS

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais