Descrição de chapéu Cinema
Cinema

Em nova edição, Shell Open Air exibe de 'E.T.' a 'Vingadores' em telona no Jockey Club

Programação mistura clássicos e sucessos recentes do cinema

Leonardo Sanchez Otávio Nadaleto
São Paulo

Ir ao cinema já não se resume a ver um filme em tela grande. Recentemente, várias tentativas de reinventar a experiência cinematográfica vêm surgindo, atraindo público com sessões diferenciadas —salas VIPs, cineconcertos, tecnologia 4D e drive-ins esporádicos são alguns exemplos.

Desde 2002, um projeto que tenta incrementar a maneira de assistir a filmes têm viajado por cidades do Brasil, com proposta de unir cinema, música e gastronomia em um ambiente fora do padrão. Batizado de Shell Open Air em 2017, concentrou-se no eixo Rio-São Paulo desde então, mas manteve a essência.

Entre esta quarta (11) e 29/9, sua sexta edição paulistana desembarca no Jockey Club com programação que mistura clássicos, sucessos recentes e duas alas temáticas: a Sessão da Meia-Noite, dedicada a filmes de terror exibidos na madrugada, e outra com títulos que comemoram 20 anos em 2019.

São 20 longas no total, alguns acompanhados de shows, discotecagem e recreação infantil. Em todas as datas, há praça de alimentação.

Prepare a pipoca —que no Shell Open Air é gratuita—, escolha os filmes que quer assistir e boa sessão!

Jockey Club - R. Dr. José Augusto de Queiroz, portão 1, Cidade Jardim, região oeste,  tel. 2161-8300. 1.300 pessoas. De 11 a 15/9, 18 a 22/9 e 25 a 29/9. Ingr.: R$ 50. Ingr. p/ openairbrasil.com.br. d

Confira a programação de filmes, comidas e apresentações musicais:

Primeira semana

Rush: No Limite da Emoção
Rush. EUA/Alemanha/Reino Unido, 2013. Direção: Ron Howard. Com: Daniel Brühl, Chris Hemsworth e Olivia Wilde. 14 anos. 123 min.

O filme remonta ao ano de 1976, quando o britânico James Hunt, da McLaren, e o austríaco Niki Lauda, da Ferrari, brigaram ponto a ponto pelo título do mundial de pilotos da F-1. A produção reconstitui o momento mais tenso da rivalidade: o acidente de Lauda no GP da Alemanha, quando o esportista ficou preso no carro em chamas. Do vencedor do Oscar por "Uma Mente Brilhante" (2001).

Qua. (11): 20h. Ingressos serão distribuídos nas redes sociais do evento. Há discotecagem após a sessão.

Grease: Nos Tempos da Brilhantina
Grease. EUA, 1978. Direção: Randal Kleiser. Com: John Travolta, Olivia Newton-John e Stockard Channing. 12 anos. 110 min.

Embalado por uma trilha sonora de sucesso, o musical alçou à fama os protagonistas John Travolta e Olivia Newton-John. A trama acompanha um americano e uma australiana que se envolvem nas férias de verão. Quando as aulas recomeçam, ele descobre que a moça se mudou para a mesma escola onde estuda --mas, por mais apaixonado que esteja, ele não quer deixar a fama de descolado para ficar com ela, que é ingênua e certinha.

Qui. (12): 20h. Há discotecagem após a sessão.

Infiltrado na Klan
BlacKkKlansman. EUA, 2018. Direção: Spike Lee. Com: John David Washington, Adam Driver e Laura Harrier. 14 anos. 135 min.

Na trama, baseada em fatos reais, um policial negro nos Estados Unidos dos anos 1970 consegue se infiltrar na Ku Klux Klan. Com a ajuda de um colega judeu, tenta descobrir os planos da organização racista. No meio do caminho, se envolve com uma militante radical que odeia policiais. Usando de ironia, o longa se conecta a incidentes do momento político atual, como o governo de Donald Trump. Do mesmo diretor de "Faça a Coisa Certa" (1989). Vencedor do Oscar de melhor roteiro adaptado.
Sex. (13): 20h. Há apresentação musical após a sessão.

Aladdin
Idem. EUA, 2019. Direção: Guy Ritchie. Com: Will Smith, Mena Massoud e Naomi Scott. 10 anos. 129 min.

Refilmagem com atores para o clássico da Disney de 1992, o musical acompanha um jovem que se apaixona pela princesa do fictício reino árabe de Agrabah. Quando encontra um gênio dentro de uma lâmpada mágica, ele ganha três desejos que podem ajudá-lo a conquistar sua amada. A narrativa de fantasia é conduzida por músicas que fizeram sucesso tanto na versão em inglês como na adaptação em português, entre elas "Um Mundo Ideal" ("A Whole New World").
Sab. (14): 18h (dublado). Há recreação infantil às 16h, antes da exibição. 

Matrix

The Matrix. Austrália/EUA, 1999. Direção: Lana Wachowski e Lilly Wachowski (como Irmãos Wachowski). Com: Keanu Reeves, Laurence Fishburne e Carrie-Anne Moss. 12 anos. 136 min.

A exibição no Shell Open Air celebra os 20 anos do primeiro filme da franquia das irmãs Wachowski--que deve ganhar um quarto volume em 2022. Nesta distopia vencedora de quatro Oscars, um jovem programador que sofre com pesadelos descobre que está aprisionado a um sistema que manipula a mente das pessoas enquanto usa os cérebros e corpos dos indivíduos para produzir energia.
Sab. (14): 22h30.

Capitã Marvel
Captain Marvel. EUA, 2019. Direção: Anna Boden e Ryan Fleck. Com: Brie Larson, Samuel L. Jackson e Jude Law. 12 anos. 124 min.

Primeiro filme do Universo Marvel protagonizado por uma mulher, o longa acompanha a trajetória de uma ex-agente da Força Aérea dos EUA. Após desaparecer da Terra durante o teste de um equipamento, ela sofre de amnésia e é recrutada por um exército extraterrestre que está em guerra. Ao recuperar a memória, tenta impedir um confronto alienígena.
Dom. (15): 18h.

Segunda semana

Dor e Glória
Dolor y Gloria. Espanha, 2019. Direção: Pedro Almodóvar. Com: Antonio Banderas, Penélope Cruz e Leonardo Sbaraglia. 16 anos. 114 min.

Um cineasta que sofre de bloqueio criativo reflete sobre as escolhas que fez ao longo da vida quando lembranças surgem em sua memória ou no dia a dia. Com tons autobiográficos, o longa de Almodóvar usa menos das cores intensas que forjaram sua estética ao longo dos 45 anos de carreira --em títulos como "Fale com Ela" (2002). Melhor ator no Festival de Cannes (Banderas).
Qua. (18): 20h.

Nós
Us. EUA, 2019. Direção: Jordan Peele. Com: Lupita Nyong'o, Winston Duke e Elisabeth Moss. 16 anos. 116 min.

Atormentada por lembranças traumáticas de sua infância, uma mãe vai passar as férias de verão com o marido e os dois filhos na praia. Certa noite, a casa em que estão é invadida por um grupo de pessoas idênticas à sua família, gerando uma sucessão de acontecimentos estranhos e violentos. Do mesmo diretor de "Corra!" (2017).
Qua. (18): 24h.

Priscilla, a Rainha do Deserto
The Adventures of Priscilla, Queen of the Desert. Austrália, 1994. Direção: Stephan Elliott. Com: Hugo Weaving, Guy Pearce e Terence Stamp. 14 anos. 104 min.

Bastião do cinema LGBT, o filme acompanha duas drag queens e uma mulher transexual que viajam pelo deserto australiano rumo a uma performance. No ônibus que as leva, trocam farpas e discutem sexualidade, gênero e aceitação. A produção é embalada por canções como "I Will Survive", de Gloria Gaynor, e "Mamma Mia", do Abba.
Qui. (19): 20h. Há discotecagem após a sessão.

Nasce uma Estrela
A Star is Born. EUA, 2018. Direção: Bradley Cooper. Com: Lady Gaga, Bradley Cooper e Sam Elliott. 16 anos. 136 min.

Terceiro remake do filme homônimo de 1937, foi a bem-sucedida estreia de Lady Gaga como protagonista no cinema. Na trama ela vive uma aspirante a cantora que trabalha como garçonete e que se apresenta em um bar. Certa noite, conhece uma estrela do country rock por quem se apaixona. Enquanto ela vê sua carreira musical decolar, ele cai em decadência e passa a depender cada vez mais do álcool. A música "Shallow", interpretada por Gaga e Bradley Cooper, tornou-se um sucesso e recebeu o Oscar de melhor canção original.
Sex. (20): 20h. Há discotecagem após a sessão.

Turma da Mônica - Laços
Brasil, 2019. Direção: Daniel Rezende. Com: Giulia Benitte, Kevin Vechiatto, Rodrigo Santoro e Monica Iozzi. Livre. 96 min.

Parte da infância de milhões de brasileiros, os personagens dos quadrinhos de Mauricio de Sousa ganharam vida neste ano com seu primeiro filme em live-action. Na trama, Mônica e sua turma colocam em prática um plano para encontrar Floquinho, cachorro de Cebolinha que desapareceu misteriosamente. Do mesmo diretor de "Bingo: O Rei das Manhãs" (2017), é uma adaptação da HQ homônima, escrita pelos irmãos Vitor e Lu Cafaggi.
Sab. (21): 18h. Há recreação infantil às 16h, antes da exibição.

Um lugar Chamado Notting Hill
Notting Hill. EUA/Reino Unido, 1999. Direção: Roger Michell. Com: Hugh Grant, Julia Roberts e Richard McCabe. Livre. 124 min.

Neste clássico das comédias românticas, o dono de uma livraria londrina tem sua pacata vida transformada quando uma atriz americana aparece no local. Eles se apaixonam, mas ele decide se afastar ao descobrir que ela tem um namorado em Hollywood. Quando pensava ter superado o breve relacionamento, ela retorna à capital britânica e eles se reaproximam.
Sab. (21): 22h30.

Vingadores: Ultimato
Avengers: Endgame. EUA, 2019. Direção: Anthony Russo e Joe Russo. Com: Robert Downey Jr., Chris Evans, Mark Ruffalo." 12 anos. 181 min.
Maior bilheteria da história do cinema (US$ 2,796 bilhões acumulados), o longa encerra uma sequência de 22 filmes do Universo Cinematográfico Marvel. Nesta aventura repleta de ação, os Vingadores precisam superar a morte de diversos colegas para liderar a resistência contra Thanos. Em "Vingadores: Guerra Infinita" (2018), o titã utilizou o poder das joias do infinito para destruir metade das criaturas do universo.
Dom. (22): 18h.

Terceira semana

Bacurau
Brasil, 2019. Direção: Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles. Com: Sônia Braga, Karine Teles, Udo Kier e Silvero Pereira. 16 anos. 132 min.

Em um futuro próximo, uma pequena cidade do Nordeste brasileiro lamenta a morte de uma anciã. Dias depois, os moradores percebem que o local desapareceu dos mapas e começam a ser aterrorizados por uma onda de assassinatos sangrentos e misteriosos. Dirigido por dois pernambucanos, o longa aposta na imagem do sertão como símbolo de força e resistência. Um deles, Kleber Mendonça Filho, foi o mesmo por trás de "Aquarius" (2016) e "O Som ao Redor" (2012). Recebeu o prêmio do júri no Festival de Cannes.
Qua. (25): 20h.

Cemitério Maldito
Pet Sematary. EUA, 2019. Direção: Kevin Kölsch, Dennis Widmyer. Com: Jason Clarke, Amy Seimetz e John Lithgow. 16 anos. 101 min.

Um casal se muda da cidade grande para a zona rural com os dois filhos atrás de tranquilidade. No entanto, uma tragédia familiar faz o pai recorrer a uma área amaldiçoada, escondida atrás de um cemitério de animais. Adaptação da obra homônima do escritor Stephen King, que teve uma versão paras as telas em 1989.
Qua. (25): 24h.

Rocketman
Idem. EUA/Reino Unido/Canadá, 2019. Direção: Dexter Fletcher. Com: Taron Egerton, Jamie Bell e Richard Madden. 16 anos. 121 min.

A biografia musical acompanha a transformação do jovem Reginald Dwight no mundialmente famoso Elton John. Do anonimato ao estrelato, o filme aborda a relação amorosa do músico com o empresário John Reid e a parceria com Bernie Taupin, com quem escreveu canções como "Your Song" e "Don't Let the Sun Go Down on Me". A produção foi acompanhada de perto pelo artista, que garantiu que sua vida amorosa e o abuso de drogas não fossem ocultados. Exibido no Festival de Cannes.
Qui. (26): 20h. Há discotecagem após a sessão.

Green Book - O Guia
Greenbook. EUA, 2018. Direção: Peter Farrelly. Com: Viggo Mortensen, Mahershala Ali e Linda Cardellini. 12 anos. 130 min.

Inspirada em fatos reais, a trama começa quando um ítalo-americano briguento que trabalhava como segurança de boate fica desempregado. Ele então se torna motorista de um metódico pianista de jazz negro durante uma turnê pelo sul dos Estados Unidos, nos anos 1960. Durante a viagem, eles discutem preconceito racial e aprendem a respeitar suas diferenças. Vencedor de três Oscars, incluindo melhor filme.
Sex. (27): 20h. Há apresentação musical após a sessão.

Toy Story 4
Idem. EUA, 2019. Direção: Josh Cooley. Livre. 100 min.
No quarto filme da franquia da Pixar, Woody e Buzz ganham nova companhia quando sua dona, a menina Bonnie, transforma um garfo em brinquedo. Mas o personagem entra em crise com sua nova condição e foge, forçando o caubói a resgatá-lo. Durante a missão, ele reencontra a boneca Betty, por quem é apaixonado.
Sab. (28): 18h. Há recreação infantil às 16h, antes da exibição.

South Park: Maior, Melhor e sem Cortes

South Park: Bigger, Longer & Uncut. EUA, 1999. Direção: Trey Parker. 14 anos. 104 min.
Após assistirem a um filme de dois comediantes canadenses, os jovens da cidade de South Park começam a falar mais palavrões do que o normal. Por causa disso, a mãe de um deles declara guerra contra o país de origem dos humoristas. A confusão, porém, foi arquitetada por Saddam Hussein e pelo próprio Diabo, que planejam dominar o planeta. A sessão ocorre em homenagem aos 20 da estreia da animação, baseado na série "South Park", exibida desde 1997.
Sab. (28): 22h30.

E.T. - O Extraterrestre
E.T. the Extra-Terrestrial. EUA, 1982. Direção: Steven Spielberg. Com: Henry Thomas, Drew Barrymore e Dee Wallace. Livre. 115 min.

Clássico da ficção científica, o filme de Steven Spielberg encerra a edição de 2019 do Shell Open Air. Vencedora de quatro Oscars, a trama acompanha um alienígena que, durante uma missão na Terra, é deixado para trás pelos companheiros. Ele é encontrado por um garoto que decide ajudá-lo a voltar para casa, criando uma forte amizade com ele.
Dom. (29): 18h.

Shows

Algumas sessões do Shell Open Air são sucedidas de shows e discotecagem; confira as atrações musicais programadas.

Academia da Berlinda

Formada em Olinda em 2004, a banda leva sua mistura de brega e gêneros latinos ao palco do evento, após a sessão de "Infiltrado na Klan".
Sex. (13): 22h.

DJ Halessia

A performer comanda a noite da diversidade do evento, depois de "Priscila, a Rainha do Deserto". Além dela, drag queens colorem a pista de dança para que a música e o brilho do filme continuem mesmo após a sessão.
Qui. (19): 22h.

DJ Tamenpi

Figurinha carimbada no evento, o DJ mistura soul, funk, jazz, hip-hop, disco e música brasileira para não deixar ninguém parado. Ele anima a pista após as sessões de "Rush: No Limite da Emoção", "Grease: Nos Tempos da Brilhantina", "Nasce uma Estrela" e "Rocketman".

Qua. (11), qui. (12), sex. (20) e qui. (16): 22h.

Los Sebosos Postizos
Formado por integrantes do Nação Zumbi, o grupo toca músicas da banda de reggae jamaicana Bob Marley & The Wailers, responsável por canções como "Is This Love" e "One Love".
Sex. (27): 22h.

Comidas

Para quem não se contentar com a pipoca gratuita, o evento tem praça de alimentação com food trucks e barraquinhas de comes e bebes

Auguri

De sotaque italiano, o menu investe nos bolinhos de risoto, recheados de cogumelo, três queijos ou ragu de carne (R$ 12). Entre as sobremesas está a musse de limão-siciliano com ganache (R$ 12).

Al Taglio

Também com um pé na itália, a barraquinha serve pedaços de pizzas em sabores como calabresa, marguerita, parma, abobrinha, cogumelos, gorgonzola e pesto com mozarela de búfala (R$ 18).

Salch&Pão

Quem prefere uma refeição mais rápida pode procurar o carrinho de cachorro-quente. Lá, o sanduíche ganha releituras mais incrementadas, como a que leva cheddar apimentado, crispy de cebola e melaço (R$ 20) ou a com chile (R$ 22).

Burgerholic

Hambúrgueres também são protagonistas na praça de alimentação. Entre as opções está o Brutus BBQ (R$ 23), de picanha, queijo, alface, tomate e barbecue. No menu ainda há cone de fritas (R$ 16).

Bebidas e drinques

No bar são vendidos refrigerante, água, suco, chá, energético e opções etílicas. Entre elas estão cervejas da Petra (R$ 12), gim-tônica (R$ 34), taças e garrafas de vinho e espumante e doses de destilados.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais