Descrição de chapéu Cinema
Cinema

Vencedor do Urso de Ouro em Berlim e indicado ao Globo de Ouro estão entre as estreias

Confira trailers, críticas e sessões dos longas que entram em cartaz nesta quinta (12)

São Paulo

Barrabás
Varavva. Rússia, 2019. Direção: Evgeniy Emelin. Com: Regina Khakimova, Pavel Kraynov e Zalim Mirzoev. 117 min. 14 anos.
O drama conta a história de Jesus Cristo —sua crucificação, morte e ressurreição— pelo ponto de vista de Barrabás, criminoso que teve sua vida poupada.
Salas e horários

Brincando com Fogo
Playing With Fire. EUA, 2019. Direção: Andy Fickman. Com:  John Cena, Keegan-Michael Key, John Leguizamo. 96 min. Livre.
Nesta comédia, uma experiente equipe de bombeiros resgata três irmãos de grave incêndio. Mas eles não esperavam que seu maior desafio seria cuidar delas enquanto não conseguem encontrar seus pais.
Salas e horários

Crime sem Saída
21 Bridges. EUA, 2019. Direção: Brian Kirk. Com: Chadwick Boseman, Sienna Miller e JK Simmons. 100 min. 16 anos.
Um detetive de Nova York recebe a missão de prender uma dupla de assassinos de policiais. Para encontrá-los, ele fecha os acessos à cidade e restringe os meios de transporte, empreendendo uma caçada arriscada e descobrindo uma grande conspiração.
Salas e horários

Entre Facas e Segredos
Knives Out. EUA, 2019. Direção: Rian Johnson. Com: Daniel Craig, Ana de Armas, Chris Evans e Jamie Lee Curtis. 130 min. 14 anos.
Um famoso escritor de romances policiais é encontrado morto após seu aniversário de 85 anos. Contratado para investigar as circunstâncias do caso, um detetive particular descobre que, entre os funcionários e a família, todos podem ser considerados suspeitos de matar o patriarca. Indicado ao Globo de Ouro de melhor filme de comédia ou musical e melhor ator e atriz de comédia ou musical (Craig e Armas, respectivamente).
Salas e horários
Leia a crítica

Finalmente Livres
En Liberté!. França, 2018. Direção: Pierre Salvadori. Com: Adèle Haenel, Pio Marmaï e Audrey Tautou. 109 min. 14 anos.
A viúva de um chefe de polícia descobre que seu marido era corrupto e que um jovem passou oito anos na prisão como bode expiatório dele. Sem contar com quem era casada, ela tenta ajudar o ex-presidiário agora que ele está em liberdade.
Salas e horários
Leia a crítica

Humberto Mauro
Brasil, 2018. Direção: André di Mauro. 90 min. Livre.
O documentário é dirigido pelo sobrinho-neto do cineasta Humberto Mauro, morto em 1983 aos 86 anos. Nas telonas, o homenageado ficou conhecido por filmes como “Braza Dormida” (1928), “Ganga Bruta” (1933), “O Descobrimento do Brasil” (1936) e “Canto da Saudade” (1952), e é considerado um dos pioneiros do cinema latino-americano.
Salas e horários

Uma Mulher Alta
Dylda. Rússia, 2019. Direção: Kantemir Balagov. Com: Viktoria Miroshnichenko, Vasilisa Perelygina e Andrey Bykov. 137 min. 16 anos.
Vivendo em Leningrado, na Rússia, duas mulheres tentam reconstruir suas vidas em meio à destruição causada pelos combates da Segunda Guerra Mundial. Inspirado no livro “A Guerra Não Tem Rosto de Mulher”, da escritora vencedora do Nobel Svetlana Aleksiévitch. Representante da Rússia no Oscar de filme internacional.
Salas e horários
Leia a crítica

Synonymes
Idem. França/Israel/Alemanha, 2018. Direção: Nadav Lapid. Com: Tom Mercier, Quentin Dolmaire e Louise Chevillotte. 123 min. 16 anos.
Um imigrante israelense se refugia em Paris, onde tenta esconder sua nacionalidade aprendendo a falar francês com a ajuda de um dicionário. Vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim.
Salas e horários
Leia a crítica

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais