Descrição de chapéu Oscar Cinema
Cinema

'O Escândalo' e novo 'Jumanji' estão entre as estreias da semana; confira

Confira trailers, críticas e sessões dos longas que entram em cartaz nesta quinta (16)

São Paulo

O Despertar das Formigas
El Despertar de las Hormigas. Espanha/Costa Rica, 2019. Direção: Antonella Sudasassi. Com: Daniela Valenciano, Leynar Gómez e Isabella Moscoso. 94 min. 12 anos.
Levando uma vida pacata em uma cidade do interior da Costa Rica, uma mãe é pressionada pelos parentes a ter mais filhos. Convicta de que não é isso que quer, ela precisa impor sua vontade para seu núcleo familiar. Vencedor do prêmio da crítica e de filme ibero-americano do Festival de Gramado.
Salas e horários
Leia a crítica

O Escândalo
Bombshell. EUA/Canadá, 2019. Direção: Jay Roach. Com: Charlize Theron, Nicole Kidman, Margot Robbie e John Lithgow. 107 min. 14 anos.
Em 2016, apresentadora veterana da Fox News é demitida e denuncia por assédio um dos principais executivos do canal. Com a exposição do caso, outras mulheres também assediadas aparecem. Inspirado em uma história real. Do mesmo diretor de “Trumbo - Lista Negra” (2015). Indicado ao Oscar de melhor atriz (Theron), atriz coadjuvante (Robbie) e maquigem e cabelo.
Salas e horários
Leia a crítica

Jumanji: Próxima Fase
Jumanji: The Next Level. EUA, 2019. Direção: Jake Kasdan. Com: Dwayne Johnson, Jack Black, Kevin Hart e Karen Gillan. 123 min. 12 anos.
No segundo filme da franquia inspirada no clássico de 1995, quatro amigos entram em um videogame que se passa em um perigoso deserto, do qual tentam escapar. Mas, desta vez, o game está bugado.
Salas e horários
Leia a crítica

A Melhor Juventude - Parte 1
La Meglio Gioventù. Itália, 2003. Direção: Marco Tullio Giordana . Com: Luigi Lo Cascio, Alessio Boni e Jasmine Trinca 187 min. 18 anos.
Dois irmãos —um extrovertido aspirante a médico e um tímido literato— passam por trauma durante a juventude que altera de forma definitiva o futuro de ambos. Iniciado nos anos 1960, o filme mostra as transformações da Itália ao longo de 40 anos a partir da relação entre eles. Primeira parte de uma produção com seis horas de duração. Prêmio Um Certo Olhar no Festival de Cannes de 2003.
Salas e horários
Leia a crítica

Os Miseráveis
Les Miserables. França, 2019. Direção: Ladj Ly. Com: Damien Bonnard, Alexis Manenti e Djibril Zonga. 102 min. 14 anos.
Um oficial se muda para Paris para integrar um esquadrão especial anticrime, conhecido por atuar com truculência na periferia da cidade. A tensão escala em meio a um contexto de violência de gangues e abuso policial, no qual todos são vítimas. Inspirados nos protestos de 2005 e 2006 na capital francesa. Indicado ao Oscar de melhor filme internacional.
Salas e horários
Leia a crítica

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais