Mostra online e gratuita exibe 48 filmes de cineastas negros

Festival Griot reúne produções como 'Um Dia com Jerusa', baseado em filme exibido em Cannes

São Paulo

Quarenta e oito filmes, todos assinados por cineastas negros e com exibição gratuita, formam a programação da terceira edicão do Festival Griot de Cinema Negro Contemporâneo.

A partir desta sexta, dia 11, e até o dia 20 de dezembro, as obras podem ser vistas pelo público. De certa forma, todas refletem questões raciais no Brasil e no mundo. A programação, que inclui curtas, médias e longas-metragens, é dividida em cinco eixos e está disponível na plataforma todesplay.com.br.

Um dos destaques é o longa "Um Dia com Jerusa", de Viviane Ferreira, inspirado em um curta-metragem que ela dirigiu em 2014 e que foi exibido em festivais, caso da 43ª Mostra de Cinema de São Paulo e da mostra de curtas do Festival de Cannes.

O filme narra o encontro entre duas mulheres —Silvia, que trabalha fazendo pesquisas para uma marca de sabão em pó, e Jerusa, uma dona de casa que responde às perguntas de forma surpreendente. ​No elenco, predominantemente negro, estão nomes como Valdineia Soriano, Debora Marçal e Antônio Pitanga, que protagoniza o recente "Casa de Antiguidades".

Também vale conferir o curta "Bonde", de Assaph Luccas, sobre como começam e terminam os encontros de jovens nas periferias, os famosos rolês.

Além da exibição dos filmes, o festival também traz debates e sessões voltadas para crianças. Veja todos os participantes e os horários de exibição em festivalgriot.com.br

3º Festival de Cinema Negro Contemporâneo
Sex. (11) até 20/12 em todesplay.com.br. Grátis.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais

Mais lidas